Dívida

Juros da dívida portuguesa sobem a dois anos e caem a cinco e a 10 anos

Fotografia: REUTERS/Nacho Doce
Fotografia: REUTERS/Nacho Doce

Cerca das 08:30 em Lisboa, os juros a 10 anos estavam a recuar para 0,389%, contra 0,396% na sexta-feira e o atual mínimo de sempre, de 0,065% .

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a subir a dois anos e a descer a cinco e a 10 anos em relação a sexta-feira.

Cerca das 08:30 em Lisboa, os juros a 10 anos estavam a recuar para 0,389%, contra 0,396% na sexta-feira e o atual mínimo de sempre, de 0,065% em 15 de agosto.

No prazo de cinco anos, os juros, que entraram pela primeira vez em terreno negativo em 28 de maio, também estavam a recuar, para -0,106%, contra -0,100% na sexta-feira e o mínimo de sempre, de -0,374%, em 26 de agosto.

Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a subir para -0,490%, contra -0,491% no final da sessão de sexta-feira e contra o atual mínimo de sempre, de -0,684%, em 04 de setembro.

Os juros de Espanha mantinham-se a dois anos e recuavam a cinco e 10 anos, enquanto os da Grécia desciam em todos os prazos disponíveis.

Os juros de Itália desciam a dois e cinco anos e mantinham-se a 10 anos e os da Irlanda e Itália estavam a subir em todos os prazos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Sarah Costa/Global Imagens

Tomás Correia, Montepio e BNI Europa. O que está por detrás das buscas

A ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública, Alexandra Leitão (E), fala durante a sua audição perante a Comissão de Orçamento e Finanças, conjunta com a Comissão de Administração Pública, Modernização Administrativa, Descentralização e Poder Local, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de janeiro de 2020. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Governo volta a negociar aumentos de 2020 com funcionários públicos

Greve escola função pública

Último ano da geringonça foi o de maior contestação na função pública

Juros da dívida portuguesa sobem a dois anos e caem a cinco e a 10 anos