INE

Juros do crédito à habitação descem pelo quinto mês consecutivo

Fotografia: Arquivo/ Global Imagens
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Em 2019, a taxa de juro média anual para o total do crédito à habitação foi de 1,060%, superior ao valor verificado ano anterior.

Os juros do crédito à habitação voltaram a recuar no último mês de 2019. Em dezembro, a taxa de juro implícita do conjunto dos créditos fixou-se em 1,011%, uma descida face aos 1,017% registados em novembro. Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro foi 1,065%. Os números foram publicados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

Dezembro ficou ainda marcado por um aumento do capital médio em dívida de 34 euros, totalizando agora os 53 460 euros. Já a prestação média mensal das famílias subiu dois euros para os 248 euros.

No conjunto do ano passado, a taxa de juro média anual para o total do crédito à habitação foi de em 1,060%, um valor 2,5 pontos base acima do verificado em 2018. O capital médio em dívida aumentou 943 euros, para os 52 940 euros, enquanto a prestação média mensal subiu cinco euros para os 246 euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva (C), acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita(D) e pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdadepela (D), Rosa Monteiro, durante a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo propõe licença paga até um ano a part-timers com filhos

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Juros do crédito à habitação descem pelo quinto mês consecutivo