Luanda Leaks

Justiça portuguesa manda congelar contas de Isabel dos Santos

Foto: Pedro Granadeiro/Global Imagens
Foto: Pedro Granadeiro/Global Imagens

A justiça portuguesa ordenou o congelamento das contas da empresária angolana, avança o Expresso.

A empresária Isabel dos Santos tem as contas em Portugal congeladas por ordem das autoridades judiciais. A notícia está a ser avançada pelo jornal Expresso, esta terça-feira, e foi confirmada pelo Dinheiro Vivo.

“Confirma-se que o Ministério Público requereu o arresto de contas bancárias, no âmbito de pedido de cooperação judiciária internacional das autoridades angolanas”, esclarece fonte da Procuradoria-Geral da República ao DV.

Além das contas de Isabel dos Santos, estarão congeladas também as contas do marido, Sindika Dokolo, e de Paula Oliveira, sócia da empresária. Os bancos serão quatro: Eurobic, CGD, Millennium BCP e BPI.

O Dinheiro Vivo contactou a empresária Isabel dos Santos, a Polícia Judiciária, o Banco de Portugal, o BCP e o Eurobic e todos se escusaram a comentar.

A filha do ex-presidente angolano está a ser investigada por suspeitas de gestão danosa e evasão fiscal num caso relacionado com a petrolífera Sonangol, envolvendo 115 milhões de dólares.

Esta decisão da justiça portuguesa acontece numa altura em que a empresária angolana está a desfazer-se de participações em empresas portuguesas, como é o caso do Eurobic.

(Atualizada às 17h35)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Justiça portuguesa manda congelar contas de Isabel dos Santos