Comércio eletrónico

KuantoKusta defende o fim das barreiras alfandegárias

e-commerce-402822_960_720

Regras multilaterais do comércio eletrónico propostas pela Comissão Europeia estão em debate numa reunião da Organização Mundial do Comércio.

O KuantoKusta, canal de e-commerce português, defendeu a implementação das regras multilaterais do comércio eletrónico propostas pela Comissão Europeia e que estão em debate numa reunião da Organização Mundial do Comércio, em Genebra, na Suíça.

“Manter as barreiras alfandegárias não faz qualquer sentido e cria obstáculos que fazem com que o valor do artigo seja aumentado devido aos custos alfandegários e, fazem com que a expedição seja muito mais demorada e, em alguns casos, que seja mesmo impossível”, afirma Paulo Pimenta, CEO do KuantoKusta. O responsável considera que a criação de regras que ajudem a regular o comércio online é uma mais valia tanto para o vendedor como para o consumidor.

Outra das regras em debate diz respeito à validação da garantia dos contratos e assinaturas eletrónicas. “Até hoje, era curioso que para se tratar de questões de transações, fosse necessária a assinatura em papel de mais de uma cópia de contrato, que teria que ser enviado por correio para assinatura e depois novamente devolvido. Agora, as transações poderão ser feitas através de um simples clique”, salienta o mesmo responsável.

Paulo Pimenta acredita que este é um modelo que “veio mesmo para ficar”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
KuantoKusta defende o fim das barreiras alfandegárias