Bolsa de investigação

Fundação “La Caixa” abre concurso para bolsas pós-doutoramento

investigação

O período de candidaturas decorre até 26 de setembro e cada bolsa pode atingir uma dotação máxima de 305.100 euros.

A Fundação “La Caixa” abre, esta quinta-feira, pela primeira vez em Portugal, o período de candidaturas a bolsas de pós-doutoramento do programa Junior Leader “La Caixa”. Cada bolsa, com a duração máxima de três anos, pode atingir uma dotação máxima de 305.100 euros.

O programa Junior Leader “La Caixa” destina-se a investigadores de qualquer nacionalidade que pretendam continuar a sua carreira de investigação em Portugal ou Espanha.

A atribuição das bolsas é realizada em duas modalidadades: Incoming e Retaining. A primeira dirige-se a investigadores de todas as nacionalidades, já a segunda requer que os mesmos tenham residido em Portugal ou em Espanha nos últimos três anos.

O programa pretende contribuir para internacionalizar o sistema de investigação com a atração de talentos internacionais através da modalidade Incoming e contribuir para a retenção de talentos com a modalidade Retaining.

Para concorrer, a investigação deve cumprir os princípios éticos da União Europeia (UE) e a legislação nacional e internacional aplicável nesta matéria bem como a Carta dos Direitos Fundamentais da UE e o Convénio Europeu de Direitos Humanos.

As candidaturas (www.juniorleaderlacaixa.pt) decorrem até 26 de setembro e os candidatos deverão ter obtido o título de doutor num prazo de dois a sete anos antes da data de encerramento da convocatória.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
7º aniversário do Dinheiro Vivo: Conferência - Sucesso Made in Portugal. 
Pedro Siza Vieira, Ministro da Economia
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Made from Portugal: desafio para os próximos 7 anos

Lisboa, 11/12/2018 - 7º aniversário do Dinheiro Vivo : Conferência - Sucesso Made in Portugal, esta manhã a decorrer no Centro Cultural de Belém.
Rosália Amorim, Directora do Dinheiro Vivo; Antonoaldo Neves, CEO da TAP; João Carreira, Co-fundador e Chairman da Critical Software; Paulo Pereira da Silva, CEO da Renova; João Miranda, CEO da Frulact; Rafic Daud, Co-fundador e CEO da Undandy; Helder Dias, VP of Engeneering da Farfetch 
(Diana Quintela/ Global Imagens)

Um unicórnio na China, papel higiénico sexy e patê de algas

Dinheiro Vivo | Altran | ISQ

A luta pelo talento, frangos felizes e alfaces em Marte

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Fundação “La Caixa” abre concurso para bolsas pós-doutoramento