Coronavírus

Lançada campanha para reforçar material em centros de saúde e hospitais

STOP COVID-19

São necessários pelo menos 100 mil euros para comprar luvas, fatos de proteção e ventiladores.

Está lançada a primeira campanha de angariação de fundos para reforçar o material em centros de saúde e hospitais. A campanha Stop Covid-19 pretende angariar pelo menos 100 mil euros para comprar máscaras, luvas e fatos de proteção, que depois serão doados aos médicos e enfermeiros dos centros hospitalares. Este material é essencial para que estes profissionais lidarem com potenciais infetados com o novo coronavírus (Covid-19).

Esta iniciativa está a ser organizada pela comunidade Tech4Covid19, que junta mais de 1500 pessoas de startups e empresas tecnológicas portuguesas. Esta comunidade garante que já identificou, “de forma espontânea”, fornecedores para mais de meio milhão de máscaras de proteção e mais de 50 ventiladores e tem recebido, por outro lado, várias solicitações de equipamentos e apoio de diversas fontes como centros hospitalares e profissionais de saúde.

Os contributos para esta campanha podem ser feitos através desta página.

A Tech4Covid19 acrescenta que este trabalho tem sido feito “em coordenação com as entidades públicas responsáveis, nomeadamente o Infarmed, Direção Geral de Saúde, Administrações Regionais de Saúde ou o Serviço Nacional de Saúde, e de forma nenhuma fazer-se substituí-las ou atuar de forma paralela”.

Segundo a Ordem dos Médicos, 20% dos infectados em Portugal são médicos que, por falta de proteção e material de trabalho, têm contacto com o vírus e acabam por ficar infectados. O aumento do número de profissionais de saúde infectados com Covid-19 traduz-se também numa ainda maior redução na força de trabalho para assistir a doentes.

Esta é apenas a primeira campanha da Tech4Covid19, outras se seguirão caso se verifique o sucesso da primeira aproximação e a necessidade por parte dos estabelecimentos de saúde. As seguintes poderão reforçar a compra de equipamentos de proteção individual, mas também apontar a equipamentos de outras dimensões como ventiladores, testes de diagnóstico e até destinar-se ao apoio a outros tipos de entidades com necessidades de equipamento ou outros meios para prestar assistência.

Além da campanha de angariação de fundos, a comunidade Tech4Covid19 tem outras iniciativas a decorrer, como a angariação de hotéis e alojamento local para dar suporte a médicos e enfermeiros deslocalizados e ainda o registo de pessoas infectadas, ou potencialmente infectadas, prevendo redes de contágio.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

covid-19 portugal corona virus

Emprego público sobe 0,9% com contratações da saúde e oficinas da CP

A ministra da Presidência e da Modernização Administrativa, Mariana Vieira da Silva TIAGO PETINGA/POOL/LUSA

Prorrogada situação de contingência em Portugal continental até 14 de outubro

Lançada campanha para reforçar material em centros de saúde e hospitais