Lares de idosos têm novas regras: Sobe número de doentes por quarto

O Governo já publicou em Diário da República as novas regras para instalação de lares de idosos. Há alterações substanciais no número de doentes por quarto, abrindo-se a possibilidade de quartos triplos.

O aumento do número de doentes por área era uma reivindicações das Misericórdias e IPSS para reduzir o número de doentes em lista de espera. Consulte o diploma aqui, mas perceba já os principais pontos.

Capacidade máxima. A capacidade máxima da estrutura residencial é de 120 residentes, não podendo ser inferior a 4 residentes. Deve permitir a assistência religiosa, sempre que o residente o solicite, ou,

na incapacidade deste, a pedido dos seus familiares ou representante legal.

Pessoal. Para além do diretor técnico, a estrutura deve dispor:

a) Um animador sociocultural ou educador

social ou técnico de geriatria, a tempo parcial por cada

40 residentes;

b) Um enfermeiro por cada 40 residentes;

c) Um ajudante de ação direta, por cada 8 residentes;

d) Um ajudante de ação direta por cada 20 residentes,

com vista ao reforço no período noturno;

e) Um encarregado de serviços domésticos em

estabelecimentos com capacidade igual ou superior a

40 residentes;

f) Um cozinheiro por estabelecimento;

g) Um ajudante de cozinheiro(a) por cada 20 residentes;

h) Um empregado(a) auxiliar por cada 20 residentes.

Quartos. A área dos quartos individuais não pode ser inferior

a 9 m. Nos quartos duplos e triplos, a área mínima admitida

por cama é de 6 m, exceto no caso de camas articuladas,

em que deve ser de 7 m, recomendando -se, em qualquer dos casos, que a distância entre as camas não seja inferior a 0,9 m.

Em Fevereiro, o ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, disse hoje que o Governo adotou um limite na admissão em lares de idosos a famílias com maiores recursos financeiros, permitindo criar vagas para famílias mais desfavorecidos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Lares de idosos têm novas regras: Sobe número de doentes por quarto