Energia

Leilão da ERSE vai ter mini contratos para pequenos comercializadores

Fotografia: Orlando Almeida/ Global Imagens.
Fotografia: Orlando Almeida/ Global Imagens.

O leilão será realizado no dia 19 de setembro, num total de cerca de 1976 GWh, repartidos entre o último trimestre de 2019 e o ano de 2020.

De acordo com a Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), o 32º leilão para colocação de energia adquirida pelo CUR – Comercializador de Último Recurso à Produção em Regime Especial (PRE) que se realiza no dia 19 de setembro, num total de cerca de 1976 GWh, vai ter pela primeira vez contratos mini destinados aos comercializadores de menor dimensão, segundo os termos e as condições específicas publicados esta terça-feira pela Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE).

O leilão que se realizará no dia 19 de setembro, num total de cerca de 1976 GWh, repartidos entre o último trimestre de 2019 e o ano de 2020, será gerido pelo OMIP – Operador do Mercado Ibérico de Energia (Pólo Português), e nele podem participar todas as entidades admitidas como membros negociadores no mercado de derivados do MIBEL.

Serão leiloados 195 contratos de futuros com uma maturidade trimestral e período de entrega no 4º trimestre de 2019 , em quantidade de energia equivalente a 430 755 MWh; e 120 contratos de futuros com uma maturidade anual e período de entrega no ano de 2020, em quantidade de energia equivalente a 1 054 080 MWh e 195 contratos de futuros com uma maturidade trimestral e período de entrega no 1º trimestre de 2020, em quantidade de energia equivalente a 425 685 MWh.

São ainda colocados à venda pelo CUR e ao preço de fecho de cada leilão três contratos mini, num total de cerca de 65,8 GWh:

– Mini Swap PTEL – 4º trimestre de 2019 – um contrato com maturidade trimestral e período de entrega no 4º trimestre de 2019 em quantidade de energia equivalente a 11 GWh;

– Mini Swap PTEL – 2020 – um contrato com maturidade anual e período de entrega no ano
2020 em quantidade de energia equivalente a 43,9 GWh;

– Mini Swap PTEL – 1º trimestre 2020 – um contrato com maturidade trimestral e período de entrega no 1º trimestre de 2020 em quantidade de energia equivalente a 10,9 GWh.

Os contratos Mini Swap PTEL são uma nova realidade especialmente ajustada aos comercializadores de menor dimensão, permitindo-lhes um aprovisionamento mais ajustado à dimensão das suas carteiras de clientes. Este novo produto é agora concretizado na sequência de uma ampla consulta que a ERSE promoveu junto dos agentes de mercado e constitui um elemento de acréscimo de concorrência no setor elétrico.

A ERSE publicará os resultados do leilão dos contratos até ao dia 21 de setembro de 2019.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Orlando Almeida / Global Imagens)

Metro de Lisboa investe 114 milhões em novos comboios e sinalização

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas. (Fotografia: Global Imagens)

Governo confirma que está a estudar juntar aeroporto civil à base de Monte Real

Foto: D.R.

“Efeitos definitivos”. Isabel dos Santos sai da Efacec

Leilão da ERSE vai ter mini contratos para pequenos comercializadores