Turismo

Líder da Portugal Ventures é a nova secretária de Estado do Turismo

Rita Marques é a quarta presidente da administração da Portugal Ventures. (Leonel de Castro/Global Imagens)
Rita Marques é a quarta presidente da administração da Portugal Ventures. (Leonel de Castro/Global Imagens)

Rita Marques foi o nome escolhido por António Costa para suceder a Ana Mendes Godinho na secretaria de Estado do Turismo.

Rita Marques até aqui presidente da Portugal Ventures, sociedade pública de capital de risco, é a nova secretária de Estado do Turismo. Integrada no ministério da Economia, tutelado por Pedro Siza Vieira, Rita Marques vai suceder a Ana Mendes Godinho que, neste novo executivo, passa a ocupar o cargo de ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social.

Rita Marques licenciou-se e fez um mestrado em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto. Tem um MBA realizado na University of Southern California. Fez também vários programas vocacionados para executivos em Liderança pelos Instituto de Empresa (2018), London Business School (2017), e University of Texas em Austin (2016).

Antes de ter sido nomeada CEO da Portugal Ventures (em abril do ano passado) foi Diretora Executiva da Porto Business School para área de MBAs e Pós-Graduações (2016-2018), Coordenadora da Unidade de Projetos da Universidade do Porto (2008-2016), e Gestora do Mercado Ásia-Pacífico e dos setores de Tecnologias e de Turismo na Agência Portuguesa para o Investimento (2003-2006).

É Presidente do Conselho Fiscal da Fundação da Juventude (desde 2017). E tem desenvolvido diversos trabalhos de consultoria com entidades públicas e privadas na área da Inovação, Financiamento Público, Internacionalização e Investimento Direto Estrangeiro, de acordo com informação presente no site da Portugal Ventures.

Rita Marques chega à secretaria de Estado do Turismo numa altura em que a atividade turística continua a crescer em Portugal. Nos primeiros oito meses deste ano, o número de hóspedes que pernoitou na hotelaria e outros alojamentos nacionais superou os 18 milhões de pessoas, o que representa uma subida na casa dos 7% comparando com o mesmo período do ano passado. Dormidas, proveitos totais e de aposento também estão a subir no acumulado do ano.

No final de setembro, Ana Mendes Godinho (então secretária de Estado do Turismo) e a propósito do Dia Mundial do Turismo, indicava à Lusa que as expectativas apontavam para uma subida das receitas turísticas de 6% até dezembro, para 17 mil milhões de euros, e admitia que o número de hóspedes poderá ascender a 27 milhões no ano de 2019.

Uma das áreas em que Portugal Ventures investe é em Turismo, dispondo de fundos próprios para apostar em startups desta área. Ainda na semana passada foi comunicado ao mercado o investimento de 1,3 milhões de euros em cinco startups da área do Turismo por parte da capital de risco pública.

Rita Marques chega ao governo conhecendo assim as áreas onde o turismo está a inovar e que podem potenciar a atividade em Portugal.

(Notícia atualizada pela última vez às 12:31)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Líder da Portugal Ventures é a nova secretária de Estado do Turismo