Lisboa e Porto com quebras de 90% na ocupação dos escritórios

Na capital o recuo foi de 79%, face aos 14.000 m2 de janeiro de 2020, e no Porto de 94%. No conjunto dos dois principais mercados nacionais, em janeiro, a quebra anda na ordem dos 90%.

Este é mais um dos setores fortemente afetados pela pandemia da covid-19 e os números são cada vez mais alarmantes. De acordo com a consultora imobiliária JLL, Lisboa regista agora uma descida de 79% face aos 14.000 m2 transacionados em janeiro do ano passado, quer isto dizer que na capital a a ocupação anda agora na ordem dos 2.000 metros quadrados.

A apresentar a mesma tendência, no Porto a queda foi ainda mais acentuada e fixou-se nos 94% com uma ocupação que representa agora os 500 metros quadrados, face aos 7.500 que se registaram no período homólogo.

Em termos mensais, as quedas registadas por ambos os mercados apresentam valores que rondam os 90%. Os dados foram apurados pelo mais recente Office Flashpoint da JLL e, Mariana Rosa, Head of Leasing Markets Advisory da JLL, ressalva em nota de imprensa que "este comportamento se deve ao novo confinamento geral, que veio impor a obrigatoriedade total do teletrabalho e que fez com que as empresas voltassem a colocar as decisões em relação aos seus escritórios novamente em suspenso".

Desta forma, a responsável defende que "este mês não deve ser considerado como uma antecipação de tendência para o restante ano, porque, como vimos ao longo de 2020, a procura continua a existir. E assim que a pandemia comece a dar condições para que se trabalhe e circule com alguma normalidade, a atividade ocupacional retoma".

Em termos práticos, foram contabilizadas cinco operações em Lisboa durante o mês de janeiro, "uma das quais com área superior a 1.000 m2". Assim, a área média por operação recuou para os 400 m2, em parte influenciada por esta operação de maior dimensão.

Já no Porto, os cerca de 500 m2 de "take-up" traduziram-se na realização de três operações, refletindo-se numa área média por operação de 160 m2.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de