Dinheiro Vivo TV

Live. Salas de aulas virtuais onde os professores são refugiados

A carregar player...

A francesa Guillemette Dejean e a afegã Mursal Hedayat são os nomes e as caras por trás da app Chatterbox.

A aplicação é uma espécie de salas de aulas virtuais onde todos os professores são refugiados. O objetivo destas fazedoras, que estão a desenvolver o projeto a partir de Portugal, é acabar com os altos níveis de desemprego de todas as pessoas que são obrigadas a fugir dos seus países, e que muitas vezes, são altamente qualificadas.

A Chatterbox foi criada há cerca de dois anos e meio e atualmente funciona sobretudo em modelo B2B, ou seja, vocacionada para clientes empresariais. Conta com meia centena de refugiados ativos a dar aulas, apesar de mais de 300 já terem passado nos testes iniciais.

Fiquem a conhecer mais sobre este projeto na secção dos Fazedores, aqui no Dinheiro Vivo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

Live. Salas de aulas virtuais onde os professores são refugiados