Dinheiro Vivo TV

Live. Salas de aulas virtuais onde os professores são refugiados

A carregar player...

A francesa Guillemette Dejean e a afegã Mursal Hedayat são os nomes e as caras por trás da app Chatterbox.

A aplicação é uma espécie de salas de aulas virtuais onde todos os professores são refugiados. O objetivo destas fazedoras, que estão a desenvolver o projeto a partir de Portugal, é acabar com os altos níveis de desemprego de todas as pessoas que são obrigadas a fugir dos seus países, e que muitas vezes, são altamente qualificadas.

A Chatterbox foi criada há cerca de dois anos e meio e atualmente funciona sobretudo em modelo B2B, ou seja, vocacionada para clientes empresariais. Conta com meia centena de refugiados ativos a dar aulas, apesar de mais de 300 já terem passado nos testes iniciais.

Fiquem a conhecer mais sobre este projeto na secção dos Fazedores, aqui no Dinheiro Vivo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(PAULO CUNHA/LUSA)

Costa espera ser primeiro-ministro 12 anos e dar início à regionalização

O novo primeiro-ministro, António Costa. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

OE2020: Costa anuncia reforço de incentivos ao arrendamento acessível

Alexandra Leitão, ministra da Administração Pública. Fotografia: António Pedro Santos/Lusa

Funcionários mais antigos podem perder dias de férias com baixas prolongadas

Outros conteúdos GMG
Live. Salas de aulas virtuais onde os professores são refugiados