Dinheiro Vivo TV

Live. Scooters da Wyze têm pegada ecológica e troca de pontos

A carregar player...

A equipa que faz a manutenção diária das scooters desloca-se sempre em carrinhas elétricas e os utilizadores vão saber quais as emissões poupadas.

A Wyze é a terceira empresa a partilhar scooters elétricas em Portugal e a primeira com capital exclusivamente nacional. Tiago Silva Pereira apostou neste negócio com quase um milhão de euros de orçamento.

Para já, é possível encontrar as motas no Parque das Nações, no centro da cidade e junto ao aeroporto. Cada minuto de viagem custa 25 cêntimos e cada veículo tem dois capacetes, toucas e espaço para patrocínios.

A pegada ecológica é uma das grandes preocupações desta nova marca: a equipa que faz a manutenção diária das scooters desloca-se sempre em carrinhas elétricas e os utilizadores vão saber quais as emissões de CO2 poupadas. Graças à plataforma Ayr, desenvolvida pelo CEiiA, as emissões poupadas serão transformadas em moedas virtuais e usadas em produtos e serviços sustentáveis de parceiros.

Nas próximas semanas, a Wyze será a primeira empresa a testar a partilha de scooters elétricas no Porto e em Matosinhos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Novo Banco prevê redução de 1,7 mil milhões de malparado em 2020

Sede do Novo Banco, ex-BES, na Avenida da Liberdade.
(Ângelo Lucasl / Global Imagens )

Novo Banco não afasta que possa vir a pedir mais capital ao Fundo de Resolução

Live. Scooters da Wyze têm pegada ecológica e troca de pontos