Saúde

Lucros da José de Mello Saúde crescem 63,1% até junho para 22,4 milhões

O CEO da José de Mello Saúde, Salvador de Mello.
Fotografia: Diana Quintela / 
Global Imagens
O CEO da José de Mello Saúde, Salvador de Mello. Fotografia: Diana Quintela / Global Imagens

A José de Mello Saúde, dona dos hospitais CU fechou o primeiro semestre com uma subida de 63,1% nos lucros, para 22,4 milhões de euros.

A José de Mello Saúde, dona dos hospitais CUF, comunicou ao mercado que fechou o primeiro semestre com uma subida de 63,1% nos lucros, para 22,4 milhões de euros, face ao período homólogo de 2018.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a José de Mello Saúde informa que, nos primeiros seis meses do ano, os proveitos operacionais ascenderam a 383,4 milhões de euros, mais 11,4% em comparação com o mesmo período do ano passado.

O grupo liderado por Salvador de Mello assume no mesmo comunicado que, ao longo do primeiro semestre, apresentou um desempenho positivo na maioria das linhas da sua atividade essencial e detalha que este desempenho resulta de “uma trajetória de crescimento operacional sustentado, em paralelo com a implementação da sua estratégia de investimento e expansão geográfica”.

Na informação enviada à CMVM, a José de Mello Saúde revela que o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 56% para atingir os 59,6 milhões de euros.

Esta evolução é justificada, sobretudo, com o crescimento sustentado da atividade assistencial, novos projetos de expansão e implementação da IFRS16, além de o grupo contar com um recebimento extraordinário na Parceria Público-Privada em Braga, em resultado da decisão favorável do Tribunal Arbitral sobre a comparticipação do Estado nos programas verticais do HIV.

A dona da marca CUF refere ainda o crescimento da dívida financeira líquida consolidada em 62,1 milhões de euros, para 406,5 milhões de euros, um aumento que está em linha com o plano de investimentos em curso, por exemplo, no Hospital CUF Tejo, Hospital CUF Sintra e no Hospital CUF Torres Vedras.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro ministro, António Costa, fala aos jornalistas durante a conferência de imprensa realizada no final da reunião do Conselho de Ministros, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 04 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

Governo vê economia a crescer 4,3% em 2021 e desemprego nos 8,7%

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho, durante a conferência de imprensa após a reunião extraordinária da Comissão Permanente de Concertação Social por video-chamada, no Ministério da Economia, em Lisboa, 16 de março de 2020. RODRIGO ANTUNES/LUSA

Segunda fase do lay-off custa mais de 700 milhões de euros

Jorge Rocha de Matos, presidente da Fundação AIP. Foto: direitos reservados

Rocha de Matos: IVA devia ser de 6% em todos os eventos para ajudar o turismo

Lucros da José de Mello Saúde crescem 63,1% até junho para 22,4 milhões