Venezuela

Maduro responde a Juan Guaidó e promete “lutar até à vitória e mais além”

Fotografia: Direitos Reservados
Fotografia: Direitos Reservados

Líder da Assembleia Nacional, controlada pela oposição, jurou como presidente encarregado da Venezuela. Nicolás Maduro acusa intervenção dos EUA e corta relações diplomáticas. Pede lealdade aos militares.

“Hoje, 23 de janeiro, juro assumir formalmente as competências do governo nacional como presidente encarregado da Venezuela para conseguir o fim da usurpação, um governo de transição e eleições livres”, disse Juan Guaidó, líder da Assembleia Nacional venezuelana, frente a milhares de pessoas numa manifestação contra Nicolás Maduro em Chacao.

“Assumo a responsabilidade ao abrigo do artigo 333 e do 350. Juro assumir o compromisso da não violência”, acrescentou, citado pelo jornal El Nacional, que refere que a multidão cantou depois o hino. Antes, Guaidó tinha perguntado se contava ou não com o apoio da multidão e recebeu uma resposta positiva.

Em atualização no Diário de Notícias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

(REUTERS/Rafael Marchante)

2019 a caminho de ser o melhor ano de sempre da Autoeuropa

Outros conteúdos GMG
Maduro responde a Juan Guaidó e promete “lutar até à vitória e mais além”