Venezuela

Maduro responde a Juan Guaidó e promete “lutar até à vitória e mais além”

Fotografia: Direitos Reservados
Fotografia: Direitos Reservados

Líder da Assembleia Nacional, controlada pela oposição, jurou como presidente encarregado da Venezuela. Nicolás Maduro acusa intervenção dos EUA e corta relações diplomáticas. Pede lealdade aos militares.

“Hoje, 23 de janeiro, juro assumir formalmente as competências do governo nacional como presidente encarregado da Venezuela para conseguir o fim da usurpação, um governo de transição e eleições livres”, disse Juan Guaidó, líder da Assembleia Nacional venezuelana, frente a milhares de pessoas numa manifestação contra Nicolás Maduro em Chacao.

“Assumo a responsabilidade ao abrigo do artigo 333 e do 350. Juro assumir o compromisso da não violência”, acrescentou, citado pelo jornal El Nacional, que refere que a multidão cantou depois o hino. Antes, Guaidó tinha perguntado se contava ou não com o apoio da multidão e recebeu uma resposta positiva.

Em atualização no Diário de Notícias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
António Costa, Mário Centeno e outros ministros num evento sobre os três anos de Governo. Fotografia: 
Gonçalo Delgado/Global Imagens

Costa só reverteu 35% do emprego público destruído no tempo de Passos e Portas

( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Salário já não é tudo para segurar jovens talentos

O Governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Inácio Rosa/ Lusa)

Governo quer Finanças a fiscalizar Banco de Portugal

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Maduro responde a Juan Guaidó e promete “lutar até à vitória e mais além”