Coronavírus

206 mil máscaras de proteção apreendidas pela ASAE

LUÍS FORRA/LUSA
LUÍS FORRA/LUSA

Informações da Autoridade Tributária originaram duas ações de fiscalização que resultaram na apreensão de máscaras

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da sua Unidade Regional do Sul, procedeu a ações de fiscalização a dois armazenistas importadores que resultaram na apreeensão xe 206 mil máscaras de proteção contra a covid-19, no valor de 342 mil euros.

Em comunicado, a ASAE informa que as máscaras “iriam ser disponibilizadas no circuito comercial, às cadeias de grande distribuição, assim como a unidades hospitalares públicas e privadas”.

Na base da apreensão está a deteção de irregularidades. “Num dos importadores verificou-se a existência de máscaras KN 95, cuja rotulagem das instruções de segurança e utilização não se encontrava em língua portuguesa e outras apresentavam aposta a marcação CE, sem estarem acompanhadas da declaração UE de conformidade. No mesmo operador económico foram ainda detetadas máscaras “sociais”, para disponibilização no mercado, sem qualquer documento que comprovasse a sua conformidade relativamente aos requisitos de segurança”, detalha a autoridade de segurança alimentar e económica.

Nesta ação foram apreendidas 6 365 máscaras KN 95 e 130 mil máscaras “sociais”, no valor total de 272 mil euros.

Na outra ação, informa a ASAE, “foi detetado em flagrante a aposição da marcação CE em máscaras KN 95, sem que estas tivessem sido sujeitas a uma avaliação de conformidade, tal como previsto na legislação aplicável”. Foram apreendidas 69 640 unidades, no valor de 70 mil euros.

Desde o início da pandemia, a ASAE apreendeu cerca de 308 mil máscaras.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

206 mil máscaras de proteção apreendidas pela ASAE