Distribuição

Manuel Champalimaud reforça para 13,122% nos CTT

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

A Manuel Champalimaud reforçou nos CTT, passando agora a deter uma posição total de 19.683.269 ações, representativas de 13,122% do capital, anunciaram os Correios de Portugal.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT informam que “receberam a 20 de março de 2020 de Manuel Champalimaud SGPS, entidade estreitamente relacionada com Duarte Palma Leal Champalimaud, administrador não executivo dos CTT e vice-presidente do Conselho de Administração da Manuel Champalimaud” a comunicação sobre transação de dirigentes.

OS CTT adiantam que as operações, realizadas nos dias 17, 19 e 20 de março, resultaram na aquisição de 100.000 ações ordinárias dos Correios por 190,58 mil euros.

“Após a realização das referidas transações, a Manuel Champalimaud passou a deter diretamente 19.246.815 ações” representativas de 12,381% do capital social e dos direitos de voto dos CTT”, referem os Correios.

Assim, após a realização das referidas transações, a Manuel Champalimaud SGPS passou a deter, na totalidade, 19.683.269 ações, representativas de 13,122% da dona do Banco CTT.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Céu cinzento de Londres. Fotografia: D.R.

Portugal fora do corredor turístico britânico. Madeira e Açores entram

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, acompanhado pelo ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos (Foto: Mário Cruz/Lusa)

Recuperar poder de decisão na TAP obriga Estado a pagar mais

O presidente do conselho de administração da TAP, Miguel Frasquilho. (Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Frasquilho: Reestruturação da TAP “não vai ser isento de dor”

Manuel Champalimaud reforça para 13,122% nos CTT