Novo Governo

Marcelo alerta Costa para maiores “tamanhas expectativas” dos portugueses

O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa.
ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA
O Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que António Costa “sabe que não há recursos para tantas e tamanhas expectativas e exigências” .

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, admitiu hoje que o Governo anterior superou expectativas criadas há quatro anos e avisou o primeiro-ministro de que “as exigências dos portugueses são [hoje] muito superiores às de 2015”.

Dirigindo-se diretamente ao primeiro-ministro, Marcelo Rebelo de Sousa afirmou que António Costa “sabe que não há recursos para tantas e tamanhas expectativas e exigências” dos portugueses e que os próximos tempos serão difíceis.

“E que o segredo da legitimidade do exercício deste Governo residirá na escolha, na hierarquização, na concentração e na clareza das respostas que entender ser possível dar”, afirmou, na cerimónia de posse ao XXII Governo Constitucional, liderado pelo socialista António Costa, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

O Presidente da República apresentou-se como um defensor da estabilidade política, ou o “fusível de segurança do sistema de governo constitucional”, na posse do novo executivo minoritário do PS, liderado por António Costa.

“O Presidente da República está onde sempre entendeu dever estar, representante uninominal de todos os portugueses, institucionalmente solidário e cooperante com os demais órgãos do poder político”, disse Marcelo Rebelo de Sousa no discurso após a posse do XXII Governo Constitucional, no Palácio da Ajuda, em Lisboa.

De forma a “garantir a estabilidade, salvaguardando em permanência a sua indeclinável missão de fusível de segurança do sistema de governo constitucional”, concluiu.

Notícia atualizada às 12:40

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (D), e o presidente da Câmara Municipal de Loures, Bernardino Soares (E), participam na conferência de imprensa no final de uma reunião, em Loures. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Costa: “Há países que foram colocados em listas vermelhas por retaliação”

João Rendeiro, ex-gestor do BPP

João Rendeiro, ex-presidente do BPP, condenado a pena de prisão

O deputado do Partido Social Democrata (PSD) Ricardo Batista Leite. (RODRIGO ANTUNES/LUSA)

PSD quer transferir reuniões do Infarmed para o parlamento

Marcelo alerta Costa para maiores “tamanhas expectativas” dos portugueses