Maria Luís contratada por gestora britânica que comprou créditos ao Banif

Ex-ministra das Finanças ocupa atualmente o lugar de deputada do PSD

Maria Luís Albuquerque será a partir de segunda-feira administradora não executiva da gestora de crédito britânica Arrow Global, de acordo com um comunicado que foi tornado público esta quinta-feira. Esta gestora terá comprado créditos ao Banif, denuncia o Bloco de Esquerda. A informação é confirmada por um documento da Arrow Global.

"Estou muito contente por anunciar que Maria Luís Albuquerque irá juntar-se à administração como membro não executivo. Como membro do Parlamento português, que ocupou cargos superiores nas Finanças e no Tesouros no setor público em Portugal, Maria Luís vai proporcionar uma riqueza de experiência de gestão da dívida internacional", salienta no comunicado Jonathan Bloomber, chairman da Arrow Global, citado em comunicado.

A Arrow Global, que em abril de 2015 comprou a Whitestar e a Gesphone, poderá estar a analisar a compra de ativos da Oitante, o veículo com os ativos "tóxicos" criado por causa da resolução do Banif, denunciada a deputada do BE Mariana Mortágua. "A Whitestar é uma das empresas que estão a avaliar a compra de alguns ativos da Oitante", refere, contactada pelo Dinheiro Vivo.

Maria Luís Albuquerque foi ministra das Finanças entre julho de 2013 e novembro de 2015, substituindo, na altura, Vítor Gaspar. Esta saída desencadeou, na altura, a crise "irrevogável", protagonizada por Paulo Portas e que colocou em causa o Governo de Pedro Passos Coelho.

Nascida em Braga em 1967, Maria Luís Albuquerque licenciou-se em Economia na Universidade Lusíada de Lisboa em 1991 e é mestre em Economia Monetária e Financeira pelo Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG) desde 1997.

Foi técnica superior do Gabinete de Estudos e Prospectiva Económica do Ministério da Economia entre 1999 e 2001, desempenhou funções de assessora do Secretário de Estado do Tesouro e das Finanças em 2001 e gestora financeira da Refer entre 2001 e 2007. Saiu da gestora da rede ferroviária para a coordenação do Núcleo de Emissões e Mercados do Instituto de Gestão da Tesouraria e do Crédito Público entre 2007 e 2011, ano em que assumiu a secretaria de Estado do Tesouro.

(Notícia atualizada às 14h22 com novo título)

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de