Covid-19

Meo, NOS e Vodafone dão 10G de dados e canais. SportTV oferece mensalidade

Foto: D.R.
Foto: D.R.

Covid levou operadoras a tomar decisão. Oferta mantém-se por 30 dias.

“Facilitar o cumprimento pelos cidadãos das medidas de prevenção e controlo de infeção pelo Covid-19” é a justificação que leva as operadoras a juntar-se num movimento inédito. Meo, NOS e Vodafone decidiram oferecer internet e canais aos clientes por 30 dias, a começar a 17 de março.

A SportTV, que já anunciara um corte de preços para responder à decisão da Liga de cumprir os jogos da I e II Liga à porta fechada, vai oferecer a mensalidade a todos os assinantes. A medida decidida para o futebol entretanto evoluiu para a decisão de congelar mesmo os campeonatos, não realizando jogos até ser seguro fazê-los, o que motivou a iniciativa do canal de desporto.

“Na sequência da decisão de suspensão imediata das competições profissionais de futebol da Liga NOS e da Liga Pro por tempo indeterminado, e em virtude do agravamento do número de portugueses afetados pela pandemia Covid-19 em território nacional, a SportTV comunica que em conjunto com os operadores nacionais distribuidores dos seus canais, irá oferecer o valor da mensalidade dos seus canais a todos os assinantes, durante o período excecional de suspensão da maioria das competições desportivas”, declarou a empresa.

“Esta medida visa garantir a manutenção de acesso da população aos conteúdos das competições ativas, e que as famílias e cidadãos em isolamento possam fazê-lo com o devido conforto”, justifica a SportTV.

“De forma a minimizar os impactos que o Covid-19 já está a ter na vida dos portugueses, os operadores Meo, NOS e Vodafone anunciam que vão oferecer 10GB de dados aos seus clientes de serviço telefónico móvel”, comunicaram também as empresas nesta noite.

A oferta dirige-se a todos os clientes “particulares ou empresariais dos três operadores”, que podem subscrever a oferta através da app de cliente ou site, entre 17 e 31 de março. “A oferta de 10GB de dados será válida pelo período de 30 dias a partir da data de subscrição”, esclarecem.

As operadoras, que se juntam nesta iniciativa, explicam que procuram assim ajudar os portugueses a cumprir as medidas de prevenção e controlo de infeção, “dando resposta às necessidades acrescidas de comunicação por se encontrarem em casa em regime de teletrabalho, de prevenção ou de assistência a familiares”.

A par desta iniciativa, e no seguimento da suspensão da generalidade dos eventos desportivos, os operadores decidiram também, então, em conjunto com a Sport TV, a BTV e a Eleven Sports, não cobrar a mensalidade a novos e atuais clientes para os respetivos canais. “Esta medida mantém-se durante o período excecional de suspensão da maioria das competições desportivas dos respetivos canais.”

Recorde-se que já ontem, quando a Liga ainda não tinha suspendido os jogos de futebol mas apenas obrigado as equipas da I e II Liga a cumprir os jogos à porta fechada, a SportTV já anunciara um corte nas mensalidades para todos os aderentes. (Leia mais aqui)

 

LEIA AQUI TODA A COBERTURA SOBRE O NOVO CORONAVÍRUS

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
coronavirus turismo turistas

ISEG. Recessão em Portugal pode chegar a 8% este ano

A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. JOÃO RELVAS/LUSA

Pedidos de lay-off apresentados por 33.366 empresas

coronavirus lay-off trabalho emprego desemprego

Rendimento básico incondicional? “Esperamos não ter de chegar a esse ponto”

Meo, NOS e Vodafone dão 10G de dados e canais. SportTV oferece mensalidade