Digitalização

Metade das empresas portuguesas têm presença nas redes sociais

Facebook Londres Feira 3

Presença das empresas portuguesas nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram ou YouTube, está na média da União Europeia.

Cerca de 50% das empresas portuguesas têm presença nas redes sociais como o Facebook, Twitter, Instagram ou YouTube, a mesma percentagem registada em toda a União Europeia (UE), segundo estatísticas divulgadas esta terça-feira pelo Eurostat.

De acordo com o gabinete estatístico comunitário, esta aposta das companhias portuguesas tem vindo a aumentar nos últimos anos, após uma percentagem de 39% em 2014, de 38% em 2015, de 44% em 2016, de 46% em 2017 e de 50% no ano passado (para 2018 não são apresentados dados).

Considerando todos os Estados-membros da UE, Portugal fica a meio da tabela no que toca a este tipo de presença online das companhias, mas regista uma percentagem semelhante à média comunitária a 27, que em 2019 também foi de 50% e em 2014 rondou os 34%.

A utilização das redes sociais por parte das empresas (com mais de 10 trabalhadores e do setor não financeiro) é mais popular em Malta (84%), na Dinamarca (75%) e na Holanda (74%).

Existem menos empresas a fazê-lo na Roménia (33%), Bulgária (34%) e Polónia (37%), adianta o Eurostat.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Famílias com 12 meses para pagarem rendas do estado de emergência

Antonoaldo Neves, presidente executivo da TAP. Fotografia: Adelino Meireles/Global Imagens

TAP também vai avançar com pedido de layoff

EPA/MIGUEL FIGUEIREDO LOPES

Mais de 90% querem ver estado de emergência prolongado

Metade das empresas portuguesas têm presença nas redes sociais