Dinheiro Vivo TV

Este é o computador mais potente e caro da Microsoft. Custa 4.199 euros

A carregar player...

O Microsoft Surface Studio 2 tem ecrã tátil de 28" e caneta digital. Fizemos o unboxing e damos as primeiras impressões ao topo de gama.

É a primeira vez que chega a Portugal, embora já vá na segunda geração. Chama-se Surface Studio 2 e é o que a Microsoft chama de estúdio criativo. A verdade é que existem poucos computadores de secretária tão ágeis e fáceis de manobrar como este. A sua capacidade de ser usado como um verdadeiro tablet, como se fosse uma secretária tátil, é algo que é valorizado pelas pessoas mais criativas.

As características são de típico topo de gama. Gráficos, processadores do mais rápidos que a Microsoft tem, além de ferramentas intuitivas e o tal ecrã de 28″ ajustável. O preço também é do mais caro que podemos encontrar. O preço base é de 4.199 euros mas pode facilmente superar os cinco mil euros até porque há opções como o Surface Dial, uma rodela que permite interagir com o computador de uma forma mais criativa do que o tradicional rato.

Podemos contar com 1 TB de armazenamento SSD, o que melhora a rapidez, bem como um processador Intel Core i7-7820HQ, de 16 GB de RAM ou de 32 GB de RAM, dependendo da escolha.

Leia também | Ao ‘volante’ da nova Bimby. Ligada à web e cozinha (quase) tudo

O Ecrã PixelSense de 28″ inclui 13,5 milhões de pixéis com cores realistas a pensar nos criadores mais exigentes a nível visual, seja na área de motion graphics, gráficos 3D, fotografia ou vídeo. A Microsoft dá mesmo o exemplo de como ilustrar um livro ou desenhar um mundo virtual usando a caneta digital disponível são algumas das possibilidades, com a facilidade de encontrar um ângulo perfeito para fazer os desenhos graças à agilidade de tornar o ecrã uma verdadeira mesa.

Já há 20 anos que Bill Gates falava em entrevistas que a Microsoft estava a desenvolver protótipos de produtos ao estilo tablet, ou mesmo uma espécie de mesa com ecrã táctil. Em 2001 Gates anunciou mesmo a existência do protótipo Microsoft Tablet PC, que nunca viu a luz do dia.

A gama Surface só chegou já em 2012, com a Microsoft a aventurar-se no reino do hardware sob a forma de tablet e, mais tarde, portáteis. A Time incluiu o Microsoft Surface Pro 3 na sua lista de 25 melhores invenções de 2014.

Leia também | Microsoft renova os computadores Surface e lança uns auscultadores ‘surpresa’

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

As razões de Teixeira dos Santos – e aquilo que nunca soube

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Teixeira dos Santos: Sócrates alertou que nomear Vara criaria “ruído mediático”

Outros conteúdos GMG
Este é o computador mais potente e caro da Microsoft. Custa 4.199 euros