Ministério das Finanças contrata Sérgio Figueiredo como consultor de políticas públicas

O antigo jornalista irá assessorar o acompanhamento de políticas públicas. Contrato terá a duração de dois anos e salário é equiparado ao dos ministros do gabinete.

O antigo diretor de informação da TVI, Sérgio Figueiredo foi contratado pelo gabinete de Fernando Medina para o para fazer a avaliação e monitorização do impacto das políticas públicas, avançou esta segunda-feira o jornal Público.

O ministério das FInanças confirmou ao jornal que "contratou os serviços de Sérgio Paulo Jacob Figueiredo para prestar serviços de consultoria no desenho, implementação e acompanhamento de políticas públicas, incluindo a auscultação de partes interessadas na economia portuguesa e a avaliação e monitorização dessas mesmas políticas".

O também antigo administrador da Fundação EDP irá auferir de um rendimento mensal bruto de 4767 euros, ou seja, "uma remuneração equiparada e limitada ao vencimento base do ministro das Finanças, transpondo para o contrato de consultoria o limite previsto na lei para o enquadramento remuneratório de membros de gabinetes ministeriais", esclarece o gabinete de Medina ao Público.

Sérgio Figueiredo já assumiu funções no final de julho e o contrato terá a duração de dois anos.


Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de