apoios

Programa Valorizar já tem 262 projetos aprovados

Turismo Centro Aldeia do Loural

O Governo avançou esta terça-feira que Programa Valorizar tem já 262 projetos aprovados.

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou esta terça-feira que o Programa Valorizar, que apoia investimento em projetos turísticos que promovam a coesão económica e social do país, “tem 262 projetos aprovados”.

Manuel Caldeira Cabral está a falar na comissão parlamentar de Economia, Inovação e Obras Públicas, no âmbito de uma audição regimental.

Na sua intervenção inicial, o ministro fez um balanço das várias iniciativas de apoio do seu ministério.

“No turismo lançámos uma série de linhas especialmente destinadas a apoio a empreendimentos turísticos e de investimentos na área do turismo”, salientou o governante.

“Já disponibilizámos 593 milhões para este setor que está a crescer bem, não apenas na procura, mas também na oferta, com grande número de novos investimentos e de investimentos de requalificação, o programa Valorizar tem 262 projetos aprovados”, adiantou, num total de 62 milhões de euros em investimento candidato.

O programa Revive, de incentivo à recuperação do património do Estado por privados para a exploração em regime de concessão para projetos turísticos, tem “uma linha no valor de 150 milhões para apoiar projetos, especialmente projetos de recuperações de imóveis históricos”, para 33 edifícios sinalizados, e linhas de qualificação da oferta que “têm já 163 projetos de mais de 200 milhões de investimento em curso, o que significa muitos hotéis a serem renovados, alguns a serem criados e também alguns hotéis novos que estão a abrir”, disse o governante.

A linha de qualificação da oferta tem, concretamente, um investimento de 205,8 milhões de euros.

“Neste momento há mais de 100 novos hotéis que estão em construção, muitos deles fora dos locais de intensidade turística”, acrescentou o governante.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Bruxelas agrava projeção de contração em Portugal para 9,8%

Comissão Europeia, Bruxelas (REUTERS)

Bruxelas revê estimativas. Economia da zona euro deverá recuar 8,7% em 2020

Mário Centeno


TIAGO PETINGA/LUSA

Centeno defende repensar das regras da dívida e do défice na UE

Programa Valorizar já tem 262 projetos aprovados