Ministros das Pescas reunidos para debater acordos com Londres

Os ministros das Pescas da União Europeia iniciam esta segunda-feira uma reunião de dois dias dominada pelas negociações com o Reino Unido para as capturas nos 'stocks' partilhados em águas do Atlântico Nordeste e que estão num impasse.

O Conselho, presidido pelo ministro do Mar, Ricardo Serrão Santos e que é presencial, vai analisar o estado das negociações com Londres sobre os totais admissíveis de capturas (TAC) para 2021 nas unidades populacionais ('stocks') partilhados entre o bloco europeu e o Reino Unido, estendendo-se até 2022 nas unidades populacionais de profundidade.

Perante a possibilidade de não haver acordo entre Bruxelas e Londres até fim do mês, a Comissão Europeia deverá avançar com um plano de contingência de modo a que as atividades de pesca em águas britânicas não sejam interrompidas.

Em dezembro, o Conselho da UE fixou TAC e quotas temporárias para o primeiro trimestre do ano e mandatou a Comissão para negociar um acordo para 2021, que implica também a Noruega.

Na semana passada, Bruxelas chegou a um acordo sobre TAC e quotas com o Reino Unido e a Noruega para o mar do Norte.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de