Hotelaria

Dono dos Tivoli quer controlar mais de metade do NH

Ramón Aragonés, presidente executivo do NH Hoteles.
Ramón Aragonés, presidente executivo do NH Hoteles.

A Minor Hotels vai avançar com uma OPA sobre a rede hoteleira espanhola. O processo deverá estar concluído em 2019.

A Minor International, que detém o Tivoli Hotels & Resorts, anunciou ontem que comprou 26,5% do capital do NH Hotel Group por 622,3 milhões de euros. Esta compra impõe ao grupo tailandês o lançamento de uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre a rede hoteleira, controlada pelos chineses da HNA, também accionistas da TAP Air Portugal através do consórcio Atlantic Gateway.

O pagamento, que deverá estar concluído até meados de setembro, será realizado em duas tranches. A primeira transferência, a 15 de junho, será de 421 milhões de euros relativos a 17,64% do capital do NH. Três meses depois, somam-se 200 milhões de euros a esse montante para a obtenção dos restantes 8,83%.

Recorde-se que, no mês passado, a Minor anunciou a compra de 8,6% do capital do NH por 192 milhões de euros. Entretanto, o grupo tailandês já veio esclarecer que irá cumprir a legislação espanhola, avançando com uma OPA sobre a totalidade do capital do NH por passar a ter 34,6% das ações nas mãos. A intenção é vir a controlar entre 51% a 55% da cadeia hoteleira liderada por Ramón Aragonés.

A OPA, porém, não poderá avançar sem obter parecer favorável quer da estrutura acionista do NH como da CNMC e da sua congénere portuguesa, a Autoridade da Concorrência, devido à presença dos dois grupos em Portugal. O processo deverá estar concluído em 2019, segundo prevê a Minor.

No início deste ano, a Barceló submeteu também uma proposta de compra ao NH. A ambição era constituir o 16.º maior grupo hoteleiro do mundo, mas foi rejeitada pelo seu conterrâneo espanhol.

O NH Hotel Group, fundado em 1978, conta com mais de 380 unidades e resorts em 30 países na Europa, América e África. A expansão internacional do grupo, em 2000, teve início com a abertura NH Collection Porto Batalha, em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa,  29/09/2020 - Ursula Von der Leyen, Presidente da Comissão Europeia.
(Paulo Alexandrino/Global Imagens)

Ursula von der Leyen. “Portugal é único e tem agora oportunidades maravilhosas”

Portugal's Prime Minister Antonio Costa speaks during presentation of the European and Portuguese Recovery and Resilience Plans, at Champalimaud Foundation, in Lisbon, Portugal, 29 September 2020. Ursula Von Der Leyen is in Lisbon for a two-day official visit. MÁRIO CRUZ/LUSA

Portugal recorrerá só a subvenções. Empréstimos só quando situação melhorar

ANTONIO COTRIM/ LUSA

Von der Leyen: Instrumento “SURE é um escudo para os trabalhadores e empresas”

Dono dos Tivoli quer controlar mais de metade do NH