Óbito

Banqueiro e filantropo David Rockefeller morre aos 101 anos

Foto: DR
Foto: DR

Liderou o banco Chase Manhattan durante mais de uma década.

Morreu esta segunda-feira, com 101 anos, o banqueiro e filantropo norte-americano David Rockefeller. Segundo o porta-voz da família, o banqueiro morreu em casa, em Pocantico Hills, Nova Iorque, durante a noite.

David Rockefeller era filho de John D. Rockefeller Jr. e neto de John D. Rockefeller, fundador Standard Oil, a maior petrolífera dos Estados Unidos no final do século XIX e início do século XX. Era o multimilionário mais velho do mundo.

Liderou o banco Chase Manhattan, que mais tarde se tornou no atual JP Morgan Chase, durante mais de uma década.

Era também conhecido por promover a filantropia. Em 2006 legou 225 milhões de dólares à Fundação Rockefeller Brothers, criada em 1940 para fins de solidariedade. Em 2005 doou 10 milhões de dólares ao Museu de Arte Moderna de Nova Iorque, fundado pela sua mãe, e à Rockefeller University, criada pelo seu avô.

Em 2008 doou 100 milhões de dólares à Universidade de Harvard. O autor da biografia do seu avô, Ron Chernow, escreveu em 1998 que o alcance das suas ligações políticas, empresariais e filantrópicas “provavelmente nunca será igualado”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

PERFIL: Américo Amorim, o homem que construiu um império

PERFIL: Américo Amorim, o homem que construiu um império

Novo Banco. Fotografia: REUTERS/Rafael Marchante

Novo Banco lança operação de recompra de obrigações para poupar 500 milhões

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Banqueiro e filantropo David Rockefeller morre aos 101 anos