Eurogrupo

Moscovici saúda “belo golo” de Centeno “Ronaldo” na estreia no Eurogrupo

Mário Centeno, presidente do Eurogrupo, e Pierre Moscovici, comissário europeu para a Economia. Fotografia: EPA/OLIVIER HOSLET
Mário Centeno, presidente do Eurogrupo, e Pierre Moscovici, comissário europeu para a Economia. Fotografia: EPA/OLIVIER HOSLET

Comissário Europeu para os Assuntos Económicos recuperou a analogia futebolística utilizada por Wolfgang Schäuble.

O comissário europeu dos Assuntos Económicos elogiou hoje Mário Centeno pela forma como conduziu os trabalhos na primeira reunião do Eurogrupo a que presidiu, considerando que o acordo político sobre a Grécia é um “belo golo” numa estreia à “Ronaldo”.

Na conferência de imprensa conjunta no final da reunião do fórum de ministros das Finanças da zona euro, onde também marca sempre presença, Pierre Moscovici, dirigindo-se ao novo presidente do Eurogrupo, felicitou-o pelo trabalho hoje realizado, e recuperou a analogia futebolística lançada pelo antigo ministro das Finanças alemão, Wolfgang Schäuble, que “batizou” Centeno como “o Ronaldo do Ecofin”.

“Bravo pela tua excelente gestão deste primeiro encontro do Eurogrupo sob a tua presidência. Sabes que tens o apoio da Comissão e o meu. Digo-o como comissário e como amigo. Todos aqui sabem como chamamos ao Mário: dizemos que é o Ronaldo da economia portuguesa, e acontece que logo na sua primeira prestação, no seu primeiro jogo, marcou um belo golo, marcámo-lo coletivamente contigo, e saúdo a decisão do Eurogrupo de fechar a terceira revisão do programa grego”, disse o comissário francês.

Mais à frente na sua intervenção, Moscovici abordou um dos pontos da agenda discutidos no Eurogrupo, que Centeno não abordou na sua intervenção, a sétima missão de vigilância pós-programa a Portugal.

Num breve resumo, e embora advertindo que persistem desafios, como o crédito malparado e a ainda elevada dívida pública, Moscovici resumiu as conclusões da missão apontando que a mesma “confirma a melhoria da situação económica e financeira do país nos últimos seis meses”.

“Por isso, é mais um golo marcado pelo Mário”, rematou.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
fitch rating dívida riscos políticos

Taxa de juro da nova dívida cai para mínimo histórico de 1,8% em 2018

Fotografia: REUTERS/ Carlos Barria

China põe marcas de luxo a bater recordes

notas

Crédito cresce nas famílias mas ainda encolhe nas empresas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Moscovici saúda “belo golo” de Centeno “Ronaldo” na estreia no Eurogrupo