Óbito

Mota Freitas. Um dos maiores vultos da engenharia morre aos 78 anos

. (DR)
. (DR)

O engenheiro foi responsável pelo projeto da nova Basílica de Fátima, que lhe rendeu o "Óscar" da Engenharia.

Considerado um dos maiores nomes da engenharia nacional, José António Fonseca da Mota Freitas morreu na passada sexta-feira, aos 78 anos, informa a Ordem dos Engenheiros.

Mota Freitas foi o responsável pelo Projeto de Estruturas da Igreja da Santíssima Trindade, em Fátima, a “nova Basílica de Fátima”, inaugurada em 2007, no quadro das celebrações do 90º aniversário das Aparições.

A obra rendeu-lhe, em 2009, o Prémio Mundial de Engenharia Estrutural – Outstanding Structure Award (OSTRA) – atribuído pela International Association for Bridge and Structural Engineering (IABSE). O galardão é considerado o Óscar da Engenharia.

Distinguido com diversos outros galardões ao longo do seu percurso profissional, José Mota Freitas foi uma referência para várias gerações de profissionais pela carreira de mais de 40 anos como docente na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Theresa May, PM britânica, cumprimenta Mark Rutte, PM holandês. Fotografia: REUTERS/Piroschka van de Wouw

Mais de 250 empresas do Reino Unido contactam Holanda por causa do Brexit

REUTERS/Yves Herman

Comissão Europeia: vistos gold falham na verificação de origem de fundos

4. Peças automóveis

É recorde: Peças para carros valem mais de 11 mil milhões de euros

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Mota Freitas. Um dos maiores vultos da engenharia morre aos 78 anos