portagens

Mudança nas portagens: Classe 1 alargada a mais carros

Pagamento de portagens continua a dar problemas com as Finanças

O Governo aprovou esta quinta-feira em Conselho de Ministros uma atualização do regime de portagens, colocando um ponto final nos ‘falsos’ Classe 2, modelos que pagavam essa taxa devido à altura superior a 1,10 m no eixo dianteiro, mesmo com peso inferior a 2300 kg. A partir de agora, a altura máxima passa a ser de 1,30 m.

No entanto, de acordo com a nota informativa do Governo, apenas passarão a ser incluídos neste novo enquadramento os veículos que cumpram com a norma de emissões Euro 6, com o Executivo a manter assim a prossecução de um foco maior de sustentabilidade ambiental.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Estado ‘devolve’ em deduções 60% do Adicional ao IMI que cobra

Amoreira Óbidos

Espanha desapareceu do mapa e França descobriu o velho oeste português

António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

EDP quer exportar tecnologia do maior parque eólico flutuante do mundo

Outros conteúdos GMG
Mudança nas portagens: Classe 1 alargada a mais carros