121 concelhos do país em semi-confinamento e com teletrabalho obrigatório. "Há o dever de recolhimento"

Novas regras anunciadas esta tarde por António Costa atingem cerca de 70% da população residente em Portugal, num total de 121 concelhos e incluem semi-confinamento, teletrabalho obrigatório nos cargos em que seja possível e restrições no comércio. Medidas em vigor na quarta-feira, 4 de novembro.

O Governo anunciou esta esta tarde uma nova linha vermelha que determina que concelhos do país ficam com medidas mais restritivas e aqueles que saem dessa situação. O critério geral fixo é agora de 240 casos de infeções por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias. Quem superar esses números fica com medidas especiais em vigor que incluem "dever de recolhimento". Tudo é reavaliado de 15 em 15 dias.

Desde já estão incluídos 121 concelhos, onde se inclui zonas do Grande Porto e Grande Lisboa, abrangendo desde logo 70% da população. Entram em vigor na próxima quarta-feira.

"Não podemos transformar este problema de saúde num problema de polícia", explica ainda António Costa apelando à responsabilidade individual. As novas medidas legislativas vão servir para "controlar o avanço da pandemia". A cada 15 dias podem ser aumentados ou reduzidos os concelhos na lista dependendo do número de casos.

Por definir está um novo estado de emergência, que terá de ser decretado pelo Presidente da República - Costa só anuncia a posição do Governo a Marcelo Rebelo de Sousa.

As medidas em concreto são as seguintes:

- Teletrabalho torna-se obrigatório, salvo oposição fundamentada pelo trabalhador.

- Dever cívico de recolhimento domiciliário (confinamento). "Devemos ficar em casa se não for imperioso, embora possamos sair para compras, escola, compras ou exercício", mas "a norma é que devemos ficar em casa", diz o primeiro-ministro.

- O desfasamento de horários mantém-se obrigatório.

- Encerramento de todos os estabelecimentos comerciais a partir das 22h. Restaurantes (até 22h30) com mesas só para seis pessoas. Feiras e mercados de levante são proibidos.

A lista de concelhos de risco está disponível em https://covid19estamoson.gov.pt/ (site do Governo ficou, entretanto, em baixo, pode ver a lista completa aqui).

Entretanto, António Costa anunciou que o MotoGP, no Algarve, será sem público "depois da má lição que a Fórmula 1 deu". "Não podemos correr riscos", disse o primeiro-ministro.

VEJA O LIVEBLOG COM O ANÚNCIO DE NOVAS MEDIDAS DO GOVERNO

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de