Secretário de Estado para Internacionalização diz que Sines é a "joia da coroa" de Portugal

Eurico Brilhante Dias participou esta sexta-feira na primeira grande conferência nacional sobre as novas soluções energéticas para a indústria, que se realizou em Sines, afirmando que aquela região é "o centro" das políticas energéticas nacionais.

José Varela Rodrigues
Eurico Brilhante Dias, secretário de Estado da Internacionalização © João Silva/ Global Imagens

O secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, afirmou esta sexta-feira que Sines é "a joia da coroa", ou "o centro do desenvolvimento das políticas em torno da energia", devido ao complexo industrial instalado na região.

"Sines, neste momento em que atravessamos a dupla transição energética e climática, é mais uma vez a joia da coroa. O centro do desenvolvimento das políticas em torno da energia", afirmou o governante durante a primeira grande conferência nacional sobre as novas soluções energéticas para a indústria, que se realiza hoje em Sines.

Brilhante Dias referia-se, desta forma, às dimensões climática energéticas, mas também digitais - é o caso do cabo Ellalink e o centro de dados que se instalará na região - que o Complexo Industrial de Sines tem, tornando Sines na "localização do país que melhores condições tem para atrair investimento direto estrangeiro".

Segundo o governante, Sines lidera um "processo de transformação", que fará da região "seguramente o polo dinamizador da economia nacional".

"O país pode olhar para a economia de dados e para uma economia descarbonizada com recursos e tecnologia que podem colocar a indústria portuguesa, e este território em particular, na liderança dos próximos anos de processos industrias", acrescentou.

O objetivo, realçou, é "desenvolver modelos de negócio competitivos à escala internacional", a fim de "exportar mais e atrair mais investimento estrangeiro". Isto, tendo em conta que o Governo definiu como objetivo chegar a 2030 com 53% do peso das exportações no PIB", ou seja, fazendo crescer as exportações em 11 pontos percentuais aproximadamente "nos próximos nove anos".

A primeira grande conferência nacional sobre as novas soluções energéticas para a indústria, que se realiza hoje em Sines, foi promovida pelo Centro de Negócios da Zona Industrial e Logística de Sines (ZILS).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG