Economia portuguesa com maior crescimento da UE face ao início do ano

Primeiro trimestre registou uma forte contração, enquanto restantes países conseguiram segurar atividade. Dados do Eurostat estão disponíveis apenas para 11 das 27 economias da União Europeia. Em termos homólogos PIB português teve o quarto melhor desempenho.

Portugal foi a economia que mais cresceu no segundo trimestre, quando comparado com os primeiros três meses do ano, mas o arranque de 2021 tinha sido catastrófico face ao desempenho das restantes economia europeias

Esta evolução é explicada assim pela maior contração entre janeiro e março devido ao segundo confinamento geral decretado pelo governo logo em meados do primeiro mês do ano.

"Entre os Estados-membros para os quais existem dados disponíveis para o segundo trimestre de 2021, Portugal (+4,9%) registou o maior aumento face ao trimestre anterior, seguido da Áustria (+4,3%) e Letónia (+3,7%), enquanto a Lituânia (+0,4%) e República Checa (+0,6%) registaram o menor aumento", refere o gabinete de estatística da União Europeia.

Em termos homólogos, ou seja, comparando com o segundo trimestre de 2020, Portugal foi a quarta economia que mais cresceu na União Europeia, mas ficou atrás de países como Espanha, França e Itália que conseguiram uma expansão mais generosa da atividade entre os meses de abril e junho.

"No segundo trimestre de 2021, o PIB ajustado de sazonalidade aumentou 2,0% na zona euro e 1,9% na UE, face ao trimestre anterior, segundo uma estimativa preliminar do Eurostat. No primeiro trimestre de 2021, o PIB tinha diminuído 0,3% na zona euro e 0,1% na UE.

O gabinete de estatística da União Europeia ressalva que os dados disponíveis são ainda incompletos e podem ser sujeitos a revisões posteriores.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de