Estes são os empregos e as competências mais procuradas em Portugal

Ensino, saúde e design gráfico e de interiores mostram como a pandemia afetou já o mercado de trabalho em Portugal. Os dados são do LinkedIn

Dados do LinkedIn a que o Dinheiro Vivo teve acesso mostram as competências e empregos com mais procura na plataforma em Portugal entre abril e junho de 2020. O resultado é um ranking de tendências que demonstra já a pandemia a ter efeito no que foi mais procurado por empregadores, desde as empresas em busca de se digitalizarem, ao foco no ensino e formação, mas também na saúde em geral (enfermeiros), no design de interiores (para preparar as casas para o trabalho remoto e o maior tempo passado nelas) e até à saúde mental (psicólogos).

A divulgação destes dados do LinkedIn, a rede social profissional que pertence há seis anos à Microsoft, faz parte de uma estratégia global onde se disponibiliza dados gerais que ajudam a encontrar as competências ou empresas em que se deve investir na busca de emprego. “Damos dados dos últimos três ou quatro meses de quais são as competências mais procuradas, bem como as empresas que mais estão a contratar”, disse-nos recentemente a diretora-geral da Microsoft Portugal, Paula Panarra.

Na lista de competências destaca-se desde logo o ensino. Numa altura em que muitas escolas estavam fechadas e outras com dificuldades com o ensino remoto, parece ter havido uma grande procura de profissionais desta área.

Em segundo lugar a competência mais procurado foi JavaScript, uma linguagem de programação, o que é justificado pelo facto de nunca ter havido tantas empresas a precisar de sites e plataformas de contacto com os clientes quanto agora, com muitos negócios a terem de transitar em tempo recorde para o online. A terminar o pódio está ainda o Adobe Illustrator, um programa mais usado por designer gráficos, que terão sido muito requisitados nessa transição de empresas das vendas físicas para o mundo online.

Em destaque na lista estão ainda conselhos legais, a linguagem de programação C#, a litigância, enfermagem, ensino superior e design arquitetural (houve muitos a mudarem a configuração das suas casas por causa do trabalho remoto).

 

Já a lista de empregos mais procurados em Portugal no LinkedIn, durante a pandemia demonstram três tipos de preocupação: a digitalização das empresas, os negócios imobiliários agitados pela pandemia e a saúde.

Daí que os empregos mais procurados na plataforma de LinkedIn foram engenheiro de software, consultor de imobiliário e enfermeiros. Segue-se líder de projetos, account manager, professor, designer gráfico, advogado, psicólogo e arquitecto.

 

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de