Santander premeia melhores teses de doutoramento

Prémio Científico Mário Quartin Graça distingue trabalhos feitos em Portugal e na América Latina. Vencedor recebe 3 mil euros.

Já estão a decorrer as candidaturas para o Prémio Científico Mário Quartin Graça 2020, uma iniciativa do Banco Santander e da Casa da América Latina, que distingue anualmente as melhores teses de doutoramento realizadas em Portugal e na América Latina.

Podem concorrer os estudantes oriundos de um destes países, com trabalhos enquadrados nas áreas de Ciências Sociais e Humanas; Tecnologias e Ciências Naturais; e Ciências Económicas e Empresariais. O prazo de candidatura termina no dia 31 de julho. O vencedor de cada categoria recebe um prémio no valor de 3 mil euros.

A eleição dos premiados é feita tendo em conta os seguintes fatores: originalidade do tema; relevância no âmbito do estreitamento de relações entre os países referidos; e a qualidade da investigação.

Este Prémio reflete o compromisso do Santander no apoio ao Ensino e ao Conhecimento. Criado há 11 anos, tem vindo desde então a estimular e a reconhecer a formação de estudantes portugueses e latino-americanos em temas de interesse mútuo para Portugal e para a América Latina. Pelo seu rigor e profundidade de análise, os trabalhos premiados têm trazido um valor acrescentado aos diferentes assuntos investigados.

Todas as informações sobre esta edição podem ser consultadas no site da Casa da América Latina.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de