Turismo vai ter nova linha de crédito de 300 milhões de euros

O turismo foi um dos setores mais afetados pela pandemia no ano passado e, a terceira vaga, cujo reflexo se fez sentir neste primeiro trimestre, terá agravado ainda mais a crise. Governo lança nova linha de crédito para grandes e médias empresas.

O governo vai lançar uma nova linha de crédito para o setor do turismo no valor de 300 milhões de euros. No âmbito da nova ronda de apoios à economia e o emprego, apresentada nesta sexta-feira, 12 de março, pelo Executivo, esta nova linha de crédito vai ser canalizada para as empresas médias e grandes do setor do turismo com quebras de faturação superiores a 25%.

Além disso, foi anunciado que até 20% do montante financiado pode ser convertido em subvenção não-reembolsável, mediante critérios de manutenção de emprego.

O setor do turismo foi um dos mais afetados pela pandemia de covid-19. No ano passado, pelas unidades de alojamento para turistas passaram menos 61% de hóspedes, ou seja menos 16,6 milhões de pessoas. As dormidas também afundaram, sendo que o ano só não foi pior porque os residentes ajudaram, tendo "ido para fora cá dentro". Os hóspedes não residentes ascenderam a 3,9 milhões em 2020, o que representa uma descida de 75,7%. Em 2019, Portugal tinha recebido 16,4 milhões de turistas estrangeiros, o que significa que no ano passado perdeu 12,5 milhões de hóspedes não residentes.

Quanto às linhas de crédito existentes, o governo anunciou ainda nesta sexta-feira uma prorrogação, por 9 meses, dos períodos de carência das linhas de crédito com garantia de Estado para os setores mais afetados.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de