finanças

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia

Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Depois dos problemas no acesso ao site do eFatura, Autoridade Tributária prolonga até ao final do dia o prazo para contribuintes validarem faturas

Uma enorme afluência dos contribuintes ao Portal das Finanças, para validarem as suas faturas para o IRS de 2019, levou a “constragimentos temporários” no sistema, diz a Autoridade Tributária. Resultado? Houve muitos contribuintes, ontem, no último dia para fazerem a validação, que não o conseguiram fazer.

Quem ficou de fora tem agora mais um dia para fazer a validação: até ao final deste quarta-feira, 26 de fevereiro. A Autoridade Tributária explica que houve um grande fluxo de acessos no dia de ontem, tendo sido validados mais de 33 milhões de faturas. Os constrangimentos no acesso ao eFatura foram entre as 18h e as 24h – nesse período foram validadas mais de 2,2 milhões de faturas por hora.

As faturas comunicadas no Portal das Finanças, desde despesas gerais, a gastos com a saúde, educação, oficinas de carros, restaurantes e até cabeleireiros, podem valer no limite uma poupança de 2500 euros no IRS. Mas não basta que sejam comunicadas ao fisco. É necessário que sejam validadas de acordo com a categoria de despesa específica que é dedutível.

Os contribuintes podem ter ganhos significativos nas suas declarações de IRS ao validarem as faturas, algo que é indispensável para que possa ser feito o pré-preenchimento automático dessas mesmas declarações.

O prazo para a entrega do IRS começa em 1 de abril e prolonga-se até 30 de junho.

Segue o comunicado completo das Finanças:

“Tendo sido verificados constrangimentos temporários no acesso ao efatura para confirmação de faturas, entre as 18h00 e as 24h00 do dia 25 de fevereiro de 2020, que podem ter condicionado alguns contribuintes na validação das suas faturas, a AT informa que aquele sistema continua disponível durante o dia 26 de fevereiro de 2020 para esse efeito. Durante o dia 25 de fevereiro de 2020 foram validadas mais de 33 milhões de faturas e, especificamente no intervalo horário em que se verificaram aqueles constrangimentos, os contribuintes validaram ainda assim mais de 2,2 milhões de faturas por hora.”

Conheça aqui as principais deduções à coleta no IRS ou também o nosso passo a passo de como validar as faturas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Segurança Social pagou até hoje 992 milhões em apoios

Espanha Portugal

Mais um golpe no turismo. Bélgica mantém Portugal na lista de países de risco

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Governo quer manter apoios às empresas para evitar mais miséria e desemprego

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia