transportes

Não é só em Lisboa e no Porto: Veja os descontos nos transportes em todo o país

Exemplo de um autocarro a circular em Matosinhos.
(Ivo Pereira/Global Imagens)
Exemplo de um autocarro a circular em Matosinhos. (Ivo Pereira/Global Imagens)

Programa PART vai financiar descida dos passes intermodais a partir de 1 de abril. Mas há regiões em que o esta medida vai começar mais tarde.

A partir de 1 de abril, as famílias portuguesas vão beneficiar de preços reduzidos nos transportes públicos graças à introdução do passe único. É a partir deste dia que arranca o PART – Programa de Apoio à Redução Tarifária, em que o Estado, através do Fundo Ambiental, vai financiar a redução do custo dos passes intermodais nas áreas metropolitanas e nas comunidades intermunicipais.

Mas o cenário não vai ser igual em todo o país. Em pelo menos sete comunidades intermunicipais a aplicação do PART irá ocorrer a partir de 1 de maio, conforme apurou o Dinheiro Vivo junto das várias regiões.

Há mexidas nos preços para todos os gostos:

Área Metropolitana de Lisboa:

— passe municipal a 30 euros (Navegante Municipal)

    • — passe intermunicipal a 40 euros (Navegante Metropolitano)
    • — passe família a 80 euros (para mais do que duas pessoas)
    • — arranque a 1 de abril, exceto no passe família, que começa a 1 de julho

Área Metropolitana do Porto

passe municipal a 30 euros

    • — passe intermunicipal a 40 euros (Navegante Metropolitano)
    • — passe família a 80 euros (para mais do que duas pessoas)

— arranque a 1 de abril mas não em toda a rede Andante

Trás-os-Montes
Redução, em percentagem a definir, dos passes e bilhetes nas carreiras municipais e intermunicipais a 1 de maio.

Alto Tâmega
“Forte redução” no preços das viagens dos estudantes até ao 12.º º ano a partir de 1 de maio e só em período escolar.

Cávado
Menos 10% a 15% nos passes dos autocarros a partir de 1 de abril. Comboios e ligação à AMP ficam de fora.

Douro
Desconto entre 10% e 15% no passe será aplicado de forma faseada a partir de 1 de abril.

Leia mais: Lisboa recebe 73 milhões de euros para financiar passe único. Porto recebe 15

Tâmega e Sousa
Passe a 30 euros (municipal) e 40 euros (intermunicipal e com ligação à AMP) a partir de 1 de maio. Inclui comboios.

Aveiro
Passes de autocarros a metade do preço a partir de 1 de abril. Desconto nas viagens de autocarro para Coimbra mas não para o Porto.

Beira Baixa
Desconto de 40% no passe social, de 75% para idosos e desempregados a partir de 1 de maio. Isenção a partir do terceiro passe.

Coimbra
Redução de 30% no passe intermunicipal; passe municipal em Coimbra a 30 euros a partir de 1 de abril.

Leia mais: Passe único: Governo espera mais 10% de procura mas pode haver falta de oferta

Leiria
Passes municipais e intermunicipais de autocarro a metade do preço a partir de 1 de maio.

Médio-Tejo
Passe municipal até 30 euros; passe intermunicipal até 40 euros; desconto de 30% nas ligações acima dos 40 euros para outras regiões a partir de 1 de abril.

Lezíria do Tejo
Desconto de 35% no passe de autocarro intermunicipal a arrancar em abril ou maio.

Oeste

Passe municipal não irá custar mais de 30 euros; passe intermunicipal (passe Oeste) não irá custar mais de 40 euros; desconto de 30% nos passes acima dos 40 euros com ligação à AML, Lezíria do Tejo e Região de Leiria. Arranca a 1 de abril.

Nesta região, haverá ainda um passe familiar (Passe Social + Oeste), com desconto suplementar, calculado em função do rendimento do agregado/indivíduo, e que poderá arrancar no segundo semestre.

Está a ser negociado ainda um acordo com a CP para que haja desconto para os utilizadores do comboio.

Alto Alentejo

Redução do preços dos passes dos autocarros deverá arrancar ainda em abril. Preços serão harmonizados com a região do Alentejo Centrla e com o Médio-Tejo.

Algarve
Passes de autocarro e comboio a metade do preço a partir de 1 de maio.

As informações sobre as restantes comunidades intermunicipais serão acrescentadas nos próximos dias.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Facebook's founder and CEO Mark Zuckerberg reacts as he speaks at the Viva Tech start-up and technology summit in Paris, France, May 24, 2018. REUTERS/Charles Platiau - RC11ABE16B10

Abusos nos dados privados pode custar ao Facebook entre 3 a 5 mil milhões

Foto: Global Imagens

Jovens licenciados portugueses com maior probabilidade de terem salários baixos

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa,  intervem durante a sessão solene comemorativa dos 45 anos da Revolução de 25 de Abril na Assembleia da República em Lisboa, 25 de abril de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Presidente da República pede “mais ambição” para resolver problemas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Não é só em Lisboa e no Porto: Veja os descontos nos transportes em todo o país