Imobiliário

Não são só mais vendas, preço das casas subiu 10,3% em 2018

REUTERS/Pedro Nunes/File Photo
REUTERS/Pedro Nunes/File Photo

Valor gasto em transações imobiliárias subiu 24,4% para 24,1 mil milhões de euros

As casas voltaram a ficar mais caras em 2018. No ano passado, o preço médio de venda dos imóveis subiu 10,3%, mais 1,1 pontos do que um ano antes, mostra esta segunda-feira o gabinete de estatísticas nacional.

A subida dos preços elevou o valor gasto em transações imobiliárias para 24,1 mil milhões de euros, mais 24,4% do que em 2017. Esta expansão do setor imobiliário não significou apenas mais dinheiro, no ano passado as vendas também aumentaram. O INE mostra que foram vendidas 178 691 casas para habitação em 2018.

Isto “constitui o registo mais elevado da série”, diz o gabinete estatístico, salientando que “comparativamente com 2017 venderam-se mais 25 399 habitações, correspondendo a um aumento de 16,6% face ao ano anterior. Entre as transações realizadas, 85,2% respeitaram a alojamentos existentes, mais 0,7 p.p. que no ano anterior”, diz o INE.

Mas o boom parece começar a abrandar. À semelhança do que os profissionais do setor já vinham a alertar, ao longo do ano “verificou-se uma desaceleração do número de transações”.

“Em valor, as transações desaceleraram de 29,1% no 3º trimestre para 10,7% no 4º trimestre. Pelo segundo trimestre consecutivo o aumento homólogo nas habitações novas (15,0%) superou o das habitações existentes (9,7%)”, mostra o INE.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Outros conteúdos GMG
Não são só mais vendas, preço das casas subiu 10,3% em 2018