Guerra comercial

Navio dos EUA com 70 mil toneladas de soja atraca na China após um mês à espera

REUTERS/Florence Lo/Illustration
REUTERS/Florence Lo/Illustration

Um navio norte-americano que transporta soja no valor de 17 milhões de euros atracou na China

O navio esteve um mês a navegar sem rumo no Pacífico, vítima da guerra comercial entre Pequim e Washington.

O diário oficial chinês Global Times informou hoje que o Peak Pegasus, um cargueiro de 229 metros que pesa 43.000 toneladas, com 70.000 toneladas de soja, atracou no porto de Dalian (noroeste da China) este fim de semana.

O Peak Pegasus tinha previsto descarregar as 70.000 toneladas de soja em Dalian em 6 de julho passado, antes de as autoridades chinesas imporem uma taxa alfandegária de 25% sobre a soja norte-americana, em retaliação contra a decisão de Washington em aumentar os impostos sobre 29 mil milhões de euros de bens importados da China.

O navio, propriedade da JP Morgan Asset Management, chegou tarde ao destino e esteve a navegar em círculos deste então, enquanto os donos da carga, a empresa Louis Dreyfus, decidiam o que fazer.

Segundo o diário britânico The Guardian, o grupo, que tem sede multinacional em Amesterdão, pagou uma diária de 12.500 dólares (cerca de 10.700 euros, à taxa de câmbio atual) para continuar a fretar o barco.

A soja é chave nas disputas comerciais entre EUA e China: representa 10% do conjunto das exportações norte-americanas para o país asiático e é um setor vital para a América rural, onde estão concentrados muitos dos eleitores do Presidente norte-americano, Donald Trump.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: Global Imagens

Juros para compra de casa caem para metade desde 2015

aeroporto

easyJet contesta lei que permite à ANAC intervir na gestão de slots

Fotografia: José Carlos Pratas/Global Imagens

Governo não muda regras de IRS para salários de anos anteriores

Outros conteúdos GMG
Navio dos EUA com 70 mil toneladas de soja atraca na China após um mês à espera