Alojamento local

Nova Iorque obriga Airbnb a revelar dados de todos os anfitriões

Foto: DR
Foto: DR

A lei foi aprovada esta segunda-feira pelo mayor de Nova Iorque, Bill de Blasio

O cerco está a apertar para as plataformas de alojamento temporário. Desta vez foi o mayor de Nova Iorque que aprovou uma nova lei com vista a aumentar o controlo sobre estes serviços.

A lei, que entrará em vigor dentro de 180 dias, vai obrigar estas plataformas, como o Airbnb, a informar as autoridades sobre todas as transações realizadas pelos anfitriões inscritos.

A lista terá de ser entregue todos os meses. Caso contrário, as plataformas serão sujeitas a multas, que podem chegar aos 1500 dólares por mês.

Os defensores da lei afirmam que a medida vai ajudar a travar os arrendamentos ilegais na “Grande Maçã”. Já a Airbnb manifestou-se “desiludida” com a medida, sublinhando que a lei resulta da pressão exercida pelo lobby da hotelaria sobre as autoridades.

A maior plataforma de arrendamentos temporários do mundo argumenta ainda que a maior parte dos seus anfitriões são cidadãos nova-iorquinos que tentam aumentar o seu rendimento através do arrendamento de quartos nas suas próprias casas.

Em Nova Iorque existem mais de 50 mil alojamentos temporários disponíveis no Airbnb, a maior oferta dos Estados Unidos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

Ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Empresas já podem candidatar-se ao novo lay-off

App TikTok

Microsoft estará interessada na compra da operação global do TikTok

Nova Iorque obriga Airbnb a revelar dados de todos os anfitriões