Novas previsões: BCE espera recessão mais profunda na zona euro

Juros da dívida a 10 anos
Juros da dívida a 10 anos

O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, anunciou hoje uma revisão em baixa das estimativas de crescimento para a zona euro, esperando agora que a recessão este ano atinja os 0,6% do Produto Interno Bruto (PIB) da região.

Na conferência de imprensa que se seguiu à reunião do conselho de governadores da instituição que lidera, onde foi decidida uma manutenção das taxas de juro apesar das expectativas mais pessimistas para a área do euro, Mario Draghi disse no entanto que continuam a esperar uma estabilização da economia ao longo do ano.

Segundo o presidente do BCE, os dados mais recentes dão conta de uma estabilização e mesmo um início da retoma no final do ano, e, como tal, a revisão em baixa de 0,1 pontos percentuais não deu para já lugar a novo corte nas taxas de juro de referência, que sofreram uma redução no mês passado.”A atividade económica na zona euro deve estabilizar e recuperar ao longo do ano apesar de a um ritmo lento”, disse Draghi aos jornalistas em Frankfurt, na sede do BCE.

Os riscos para a inflação continuam “equilibrados na generalidade”, enquanto existem riscos descendentes para o crescimento económico.Ainda assim, o líder do BCE garante que a instituição irá continuar vigilante.”Vamos acompanhar de perto todos os desenvolvimentos e estamos prontos a agir” se necessário, garantiu.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

(João Silva/ Global Imagens)

Há quase mais 50 mil imóveis de luxo a pagar AIMI

Angela Merkel e Donald Trump. Fotografia: REUTERS/Kevin Lamarque

FMI corta crescimento da Alemanha, mas Espanha ainda compensa

Outros conteúdos GMG
Novas previsões: BCE espera recessão mais profunda na zona euro