Novos descontos da ADSE entram amanhã em vigor

Diploma que prevê aumento publicado hoje
Diploma que prevê aumento publicado hoje

A subida dos descontos dos sistemas de saúde da função pública (ADSE), militares (ADM) e forças de segurança (SAD) de 2,5% para 3,5% foi publicada esta segunda-feira em "Diário da República", entrando em vigor amanhã.

Tal como já tinha sido antecipado, este calendário de publicação e de entrada em vigor fará com que os funcionários públicos e pensionistas comecem a pagar o novo valor das contribuições a partir de junho.

A primeira tentativa do Governo em aumentar a ADSE foi travada pelo Presidente da República que vetou o diploma. Desta vez, Belém decidiu dar-lhe “luz verde”, porque a nova versão determina que a receita proveniente destes descontos “é consignada ao pagamento dos benefícios concedidos pela ADSE aos seus beneficiários”, o que impede esta receita de ser usada para equilibrar as contas públicas.

Esta medida deixa de fora os pensionistas cuja reforma tenha um valor mensal inferior a 1,5 salários mínimos, ou seja, a 727,5 euros.

A medida irá implicar uma nova descida do rendimento disponível e o PCP e BE já anunciaram a sua intenção de remeter o diploma para o Tribunal Constitucional.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Mário Cruz/ Lusa)

Carlos Costa: “Não participei nos 25 grandes créditos que geraram perdas” à CGD

Pedro Granadeiro / Global Imagens

Reclamações. Anacom acusa CTT de divulgar informação enganosa

Paulo Macedo, presidente da CGD

CGD cumpre “com margem significativa” requisitos de capital do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Novos descontos da ADSE entram amanhã em vigor