Obras atrasam comboios entre Lisboa e Porto

A partir de julho, os comboios entre Lisboa e Porto vão demorar mais tempo, entre sete e dez minutos.

As obras na linha férrea vão condicionar o tempo da viagem de comboio entre as estações de Santa Apolónia, em Lisboa, e Campanhã, no Porto, por razões de segurança. A partir de julho, serão acrescentados entre sete e dez minutos à ligação entre as duas maiores cidades do país.

Segundo o jornal Público desta quarta-feira, as obras a cargo da Infraestruturas de Portugal (IP) vão afetar sobretudo o tempo da viagem no sentido norte-sul, pois os comboios vão circular mais devagar na zona do Grande Porto. Por exemplo, no troço de 32 quilómetros que liga Vila Nova de Gaia a Ovar, um dos mais congestionados da região, a velocidade máxima de 140 km/hora vai reduzir para 120 ou 110 km/hora. Este é um dos troços que se encontra em pior estado, com necessidade de “intervenção urgente”.

A intervenção das Infraestruturas de Portugal começa com um atraso de nove meses e trata-se de uma “substituição”, em vez de uma “modernização” da linha férrea. Quando as obras estiverem concluídas, a velocidade e a duração da viagem entre Lisboa e Porto será a mesma: os comboios Intercidades entre Lisboa e Porto demoram 3 horas e 9 minutos e os Alfa Pendular 2 horas e 44 minutos. Esta deslocação demora o mesmo tempo que em 1980.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de