Europa

OCDE. Crescimento económico desacelera na zona euro

Os indicadores de inflexão no ciclo económico situaram-se em 99,8 pontos em junho, abaixo do nível de 100 que marca a média de longo prazo.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) anunciou esta quarta-feira que detetou sinais de desaceleração do crescimento económico no conjunto dos seus Estados-membros, bem como na zona euro.

Os indicadores compósitos da OCDE, que refletem por antecipação inflexões no ciclo económico, demonstram que estes se situaram na OCDE em 99,8 pontos em junho, abaixo do nível de 100 que marca a média de longo prazo e menos uma décima do que em maio.

Na zona euro, os indicadores de junho também baixaram uma décima, para 99,9 pontos, a mesma descida e o mesmo nível que nas sete principais economias do mundo (Canadá, França, Japão, Alemanha, Itália, Reino Unido e Estados Unidos).

No Canadá (99,7), França (99,7), Alemanha (100,1), Itália (100,1) e no Reino Unido (99) os respetivos indicadores caíram uma décima e na OCDE registou-se uma inflexão no crescimento, enquanto no Japão (99,8) e nos Estados Unidos (100) os indicadores apresentam um crescimento estável.

Entre as principais economias emergentes, o organismo avançou uma inflexão do crescimento no Brasil e na Rússia, com decréscimos de duas e uma décima, para 103,3 e 100,4 pontos, e uma consolidação do crescimento na China (99,8) e na Índia (101,4), com acréscimos de quatro e duas décimas, respetivamente.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

fotografia: Luís Costa Carvalho

Corticeira Amorim investe oito milhões e inaugura nova fábrica nos EUA

António Mexia lidera a EDP desde 2005

António Mexia, CEO da EDP, ganhou 6.000 euros por dia em 2018

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
OCDE. Crescimento económico desacelera na zona euro