OE2019

OE2019: Governo está a estudar “todas as hipóteses” para aumento de salários

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA
JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O ministro do Trabalho garante que o Governo "está a estudar todas as hipóteses" relativamente ao aumento de salários na Administração Pública

O governante foi questionado pelos jornalistas sobre este assunto à margem de uma conferência sobre o futuro das pensões em Portugal, no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), em Lisboa.

Na quinta-feira, o líder parlamentar do PS, Carlos César, afirmou estar em estudo a possibilidade de o Orçamento do Estado para 2019 contemplar um aumento do salário base dos trabalhadores da administração pública, “pelo menos” nos níveis remuneratórios mais baixos.

Já hoje, o líder parlamentar do PCP saudou a “evolução positiva” na posição do Governo sobre aumentos salariais na administração pública, dizendo que o executivo admite até “uma solução de aumento geral” para todos os funcionários.

“Não há nenhuma decisão. O orçamento será apresentado a 16 de outubro, está a ser preparado pelo Governo e discutido pelos parceiros. Estão a ser estudadas todas as hipóteses”, disse o ministro do Trabalho.

Vieira da Silva lembrou, a propósito, que os “recursos são sempre escassos e têm origem nos impostos dos portugueses e nas suas contribuições e as necessidades são sempre muitas, portanto há sempre escolhas a fazer”.

Assim, segundo o ministro, no próximo Orçamento do Estado, o Governo prosseguirá com a sua política de recuperação de rendimentos, num quadro de “reforço da economia portuguesa, de equilíbrio das contas públicas e do bem-estar das famílias”.

Questionado também sobre a possibilidade de um aumento extraordinário de pensões, o governante disse que a única coisa que pode garantir é que “não haverá corte de pensões”.

“O aumento ordinário estará a pagamento a 1 de janeiro de 2019 e abrangerá cerca de 80% dos pensionistas, acima da inflação, algo que acontece pela segunda vez consecutiva, depois de muitos anos. É um bom sinal, os outros aspetos estão em discussão”, disse.

O ministro do Trabalho e o ministro das Finanças, Mário Centeno, reúnem-se hoje à tarde na Concertação Social para discutirem com os parceiros as orientações políticas sobre o Orçamento do Estado do próximo ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), e o primeiro-ministro, António Costa (E). Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Presidente já tem nomes dos novos ministros

Agricultura

Salários agrícolas disparam no Algarve e Lisboa

twitter-mobile-app-ss-1920-960x540_c

Twitter pia mais fino, milhões de utilizadores voaram

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
OE2019: Governo está a estudar “todas as hipóteses” para aumento de salários