oe2020

Os principais indicadores enviados a Bruxelas

Ministro das Finanças, Mário Centeno
Foto:  André Kosters/ LUSA
Ministro das Finanças, Mário Centeno Foto: André Kosters/ LUSA

O governo entregou o esboço do Orçamento do Estado para 2019 com os grandes números para os principais indicadores.

O governo enviou para a Comissão Europeia o plano orçamental para 2020, uma espécie de esboço do que poderá ser o Orçamento do Estado para o próximo ano. No documento, a equipa de Mário Centeno mantém a previsão de crescimento de 1,9% para este ano, mas acelera em 2020 para 2%. Uma evolução que levanta sérias dúvidas ao Conselho das Finanças Públicas que já manifestou “reservas” sobre o otimismo das Finanças em relação ao crescimento das exportações em 2020.

O projeto enviado para Bruxelas assenta num cenário em que não há novas medidas de política económica para o Orçamento do Estado de 2020, o chamado cenário de “políticas invariantes”. As novas previsões já integram a revisão da série estatística das contas nacionais divulgada no final de setembro pelo INE.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Alberto Souto de Miranda
(Gerardo Santos / Global Imagens)

Governo. “Participar no capital” dos CTT é via “em aberto”

Congresso APDC

“Temos um responsável da regulação que não regula”

Congresso APDC

Governo. Banda larga deve fazer parte do serviço universal

Outros conteúdos GMG
Os principais indicadores enviados a Bruxelas