OE2020

Os principais indicadores enviados a Bruxelas

Ministro das Finanças, Mário Centeno (Foto:  André Kosters/ LUSA)
Ministro das Finanças, Mário Centeno (Foto: André Kosters/ LUSA)

O governo entregou o esboço do Orçamento do Estado para 2019 com os grandes números para os principais indicadores.

O governo enviou para a Comissão Europeia o plano orçamental para 2020, uma espécie de esboço do que poderá ser o Orçamento do Estado para o próximo ano. No documento, a equipa de Mário Centeno mantém a previsão de crescimento de 1,9% para este ano, mas acelera em 2020 para 2%. Uma evolução que levanta sérias dúvidas ao Conselho das Finanças Públicas que já manifestou “reservas” sobre o otimismo das Finanças em relação ao crescimento das exportações em 2020.

O projeto enviado para Bruxelas assenta num cenário em que não há novas medidas de política económica para o Orçamento do Estado de 2020, o chamado cenário de “políticas invariantes”. As novas previsões já integram a revisão da série estatística das contas nacionais divulgada no final de setembro pelo INE.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Taça Portugal - Benfica vs Sporting

Benfica encaixa 50 milhões. SAD fala em “capacidade acrescida de tesouraria”

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva ,à chegada para a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo mantém todas as restrições na Grande Lisboa por mais 15 dias

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Governo exige que Bélgica retire Alentejo e Algarve de zonas arriscadas

Os principais indicadores enviados a Bruxelas