Panama Papers

Panama Papers. Empresários e gestores nacionais na lista de portugueses

Os portugueses referidos na investigação Panama Papers são mais do que 34, conforme disse o Irish Times, e incluem empresários e gestores nacionais.

Segundo o Expresso, que integra o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, bem como a TVI, a maior parte dos nomes não são figuras públicas, “mas entre eles estão vários empresários e gestores nacionais”.

Segundo o semanário, na sua versão digital, entre esses nomes estarão beneficiários últimos, acionistas das sociedades offshore, intermediários e clientes.

Saiba mais: Suíça. O coração dos paraísos fiscais bate há 100 anos.

O caso Panama Papers é uma investigação do Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ, na sigla inglesa), e destacou os nomes de 140 políticos de todo o mundo, entre eles 12 antigos e atuais líderes mundiais.

A investigação resulta de uma fuga de informação e juntou cerca de 11,5 milhões de documentos ligados a quase quatro décadas de atividade da empresa panamiana Mossack Fonseca, especializada na gestão de capitais e de património, com informações sobre mais de 214 mil empresas “offshore” em mais de 200 países e territórios.

O escândalo de corrupção Panama Papers foi divulgado por um consórcio de jornalistas e envolve várias personalidades mundiais. Foto: DR

O escândalo de corrupção Panama Papers foi divulgado por um consórcio de jornalistas e envolve várias personalidades mundiais. Foto: DR

A partir dos Panama Papers, a investigação refere que milhares de empresas foram criadas em “offshores” e paraísos fiscais para centenas de pessoas administrarem o seu património, entre eles rei da Arábia Saudita, elementos próximos do Presidente russo Vladimir Putin, o presidente da UEFA, Michel Platini, e a irmã do rei Juan Carlos e tia do rei Felipe VI de Espanha, Pilar de Borbón.

O semanário Expresso e o canal de televisão TVI estão a participar nesta investigação em Portugal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno (D), durante o debate parlamentar de discussão na generalidade do Orçamento do Estado para 2020 (OE2020), esta tarde na Assembleia da República, em Lisboa, 09 de janeiro de 2020. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Subida do PIB em 2019 chega aos 2,2% com revisão nas exportações de serviços

Foto - Leonardo Negrao

Deco: seguros de saúde não cobrem coronavírus, seguros de vida sim

Foto: D.R.

Easyjet. Ligações de Portugal com Itália não serão afetadas, por enquanto

Panama Papers. Empresários e gestores nacionais na lista de portugueses