Parlamento Europeu quer política comum de turismo

Eurodeputados estão a negociar com Comissão Europeia para avançar com iniciativa nos próximos anos

“O turismo está a crescer, tem um peso relevante na economia de vários estados-membros, portanto faz todo o sentido que a União Europeia tenha um apoio concreto para este setor em específico”, indicou ao Dinheiro Vivo Cláudia Monteiro de Aguiar.

A eurodeputada portuguesa avançou que a Comissão dos Transportes e do Turismo do Parlamento Europeu, de que faz parte, tem estado em negociações com a comissária Elżbieta Bieńkowska, da Comissão Europeia, responsável pelo Mercado Interno, Indústria, Empreendedorismo e PME, para que seja criada uma política europeia comum para o setor turístico.

“É isto que se está a pedir, um passo maior. Como existe uma política comum de pescas, como existe para a agricultura, faz sentido haver também para o turismo, que é tão transversal a tantas áreas e precisa de financiamento e apoio”, explicou.

Na passada quarta-feira, dia mundial do turismo, o presidente do Parlamento Europeu, Antonio Tajani, durante uma conferência de alto nível, apelou a que fosse considerada uma fatia específica para o setor no próximo quadro orçamental da União Europeia.

O responsável lembrou que o turismo representa cerca de 10% do PIB do bloco europeu. “O presidente Tajani é uma pessoa sensibilizada para esta questão, tem apoiado muito os eurodeputados. Falta agora o apoio da Comissão Europeia. Queremos mais ações concretas,” apelou Cláudia Monteiro de Aguiar, a única portuguesa a participar no evento.

Já a comissária Elżbieta Bieńkowska, durante a sua intervenção, assumiu que havia negociações em cima da mesa. “Estamos a trabalhar para uma melhor colaboração público-privada e uma melhor utilização dos fundos europeus”. O processo poderá levar alguns anos, afirma a eurodeputada portuguesa. “Sabemos que é difícil. Há alguma abertura na discussão, não sei até que ponto na concretização. Mas o caminho faz-se desta forma.”

A jornalista viajou a Bruxelas a convite do Parlamento Europeu.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de