transportes

Passes únicos atrasados na maior parte do país

Transportes Coletivos.Fotografia: Rui Oliveira  / Global Imagens
Transportes Coletivos.Fotografia: Rui Oliveira / Global Imagens

O alívio no preço dos transportes urbanos estava marcado para abril para a maioria dos municípios nacionais, mas as alterações nos sistemas de bilhética e o diálogo com as empresas de transporte atrasaram os descontos.

Resultado: a medida só avançou em abril para oito regiões; na maior parte do país (14 regiões) os descontos só ganham efeitos este mês.

É o caso do Alto Alentejo, Alto Tâmega ou regiões de Aveiro, Viseu, Dão e Lafões, que tinham previsto iniciar o processo logo em abril, mas tiveram de adiar por um mês a venda de vinhetas a preços mais baixos.

Leia a notícia completa no Jornal de Notícias

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: JOAO RELVAS / LUSA

Desemprego registado volta a crescer em agosto, supera 409 mil inscrições

ensino escola formação

Estes são os empregos e as competências mais procuradas em Portugal

Manuel Heitor, ministro do Ensino Superior.
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Alunos vão pagar até 285 euros para ficar em hotéis e alojamento local

Passes únicos atrasados na maior parte do país