Crise da dívida

Passos Coelho: “A dor social mais intensa será sentida este ano”

Passos Coelho recandidata-se no PSD
Passos Coelho recandidata-se no PSD

Passos Coelho espera que Portugal não tenha de adotar medidas de austeridade adicionais, referindo que “a dor social mais intensa será sentida este ano”. No entanto, o primeiro-ministro admitiu que podem vir a ser implementadas mais medidas se estas forem indispensáveis.

“Não temos elementos que nos levem a ajustar o cenário macroeconómico para a adoção de medidas adicionais”, defendeu Passos Coelho, questionado pela comunicação social após a apresentação da sua recandidatura à presidência do PSD.

Clique aqui para ver em que ano está Portugal.

A esperança de que Portugal voltará aos mercados em 2013 foi reafirmada por Passos Coelho, que admitiu que “a dor social mais intensa será sentida este ano”, mas que não havia nada a fazer. “Assim que o ajustamento macroeconómico mais difícil passar, Portugal deverá recuperar confiança e voltar aos mercados”, explicou.

Não querendo abordar as previsões de aumento do desemprego, Passos Coelho preferiu evidenciar a avaliação positiva da troika anunciada hoje e os elogios do comissário europeu dos Assuntos Económicos, Olli Rehn, ao cumprimento do programa, que fazem com que “os sacrifícios valham a pena”.

Passos Coelho apresentou aos jornalistas a recandidatura à presidência do PSD, dando ênfase à opção por um “orçamento zero” pela primeira vez, sublinhando que não deixará o partido diluir-se na actividade do governo, mas que o PSD também não irá deixar de apoiar o executivo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Rui Oliveira / Global Imagens)

Marcas aceleram nas promoções para tirar travão nas vendas

Fotografia: Gonçalo Delgado/Global Imagens

Resposta à pandemia traz riscos de má gestão e corrupção do dinheiro público

Restauração recuperou volume de negócios

CIP: 61% das empresas ainda não recebeu financiamento

Passos Coelho: “A dor social mais intensa será sentida este ano”